20 anos sem Senna
01/05/2014 14:30

Hospital divulga boletim confirmando traumatismo craniano, coma e quadro de choque hemorrágico de Senna

O piloto de F1 Ayrton Senna está em estado muito grave e corre risco de morte após o acidente que sofreu na sétima volta do GP de San Marino deste domingo (1), em Ímola, na Itália
Warm Up
RENAN DO COUTO, de São Paulo
O estado de saúde de Ayrton Senna é considerado “muito grave” pelos médicos do Hospital Maggiore, de Bolonha, para onde o piloto foi levado após sofrer um violento acidente na sétima volta do GP de San Marino deste domingo (1).

17 minutos após a batida, Senna foi transportado de helicóptero até o Maggiore, onde deu entrada às 9h44 (de Brasília) e conduzido diretamente ao setor de reanimação. O tricampeão teve traumatismo craniano e está em coma. Além disso, apresenta quadro de choque hemorrágico.

Ainda de acordo com a nota, Senna sofreu uma parada cardíaca ainda na pista de Ímola, mas foi reanimado.

Neste momento, o brasileiro está sendo submetido a exames no hospital bolonhês.
Senna sofreu parada cardíaca na pista em Ímola (Foto: Getty Images)
O acidente
 
Senna liderava a prova deste domingo (1) em Ímola com vantagem de pouco menos de 1s para Michael Schumacher quando repentinamente, logo depois de abrir a sétima volta, perdeu o controle de sua Williams na curva Tamburello sem nenhuma razão aparente e saiu reto, colidindo quase que de frente com o muro de proteção.

 
A violência da batida foi tal que, após o impacto, o carro #2 voltou rodando e chegou a quase entrar novamente na pista, desgovernado e parcialmente destruído, até parar. Imediatamente, a direção de prova acionou a bandeira vermelha.
 
Tricampeão mundial, dono de 41 vitórias na F1 e recordista de pole-positions com 65, Senna completou 34 anos em março e fez, neste domingo, sua 161ª largada.
Últimas Notícias
domingo, 26 de fevereiro de 2017
F1
Superbike
MotoGP
sábado, 25 de fevereiro de 2017
F1
F1
F1
F1
F1
F1
MotoGP
F1
Nascar
F1
F1
Superbike
Galerias de Imagens
Facebook