20 anos sem Senna
01/05/2014 19:42

Mario Andretti fala em “perda devastadora” e Michael defende: “99% do que diziam sobre Senna não eram verdade”

A família Andretti foi outra a lamentar profundamente a morte de Ayrton Senna. O pai Mario contou que o brasileiro foi uma das primeiras pessoas a mandar uma mensagem parabenizando a vitória de Michael na Austrália na corrida da Indy
Warm Up
GABRIEL CURTY, de São Paulo

A morte de Ayrton Senna surgiu como uma bomba na vida de muitos. Michael Andretti, ex-companheiro do brasileiro na McLaren, e Mario Andretti, pai de Michael e ex-piloto, logo se manifestaram neste domingo (1) após a confirmação da notícia.

Michael tratou de desmentir os boatos sobre o comportamento de Senna. Segundo o americano, o brasileiro teve uma postura digna enquanto foram companheiros na McLaren em 1993. "Quero que todos saibam que ele era uma ótima pessoa. 99% das coisas que diziam sobre ele não eram verdade. Ele sempre foi correto comigo", declarou.

Michael Andretti saiu em defesa do ex-companheiro Senna, que o ligou para parabenizar pela vitória na Indy (Foto: Getty Images)

Mario, campeão mundial em 1978, se disse chocado com a notícia e lembrou o dia em que Senna parabenizou seu filho por uma vitória na Indy no começo desta temporada de 1994. “Ele foi um dos primeiros a enviar uma mensagem de parabéns a meu filho quando ele venceu o GP da Austrália de F-Indy, este ano. É uma perda devastadora, um choque”, falou.

Depois de ser demitido por Ron Dennis, Michael Andretti voltou à categoria americana, da qual foi campeão em 1991, e venceu na abertura em Surfers Paradise.

Últimas Notícias
sábado, 25 de março de 2017
MotoGP
MotoGP
F1
F1
MotoGP
Nascar
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook