20 anos sem Senna
01/05/2014 12:21

Senna sofre violento acidente na sétima volta do GP de San Marino e causa interrupção da prova

Na sétima volta do GP de San Marino, no circuito de Ímola, Ayrton Senna seguiu reto na curva Tamburello e bateu de frente no muro externo do traçado com grande violência. O resgate levou quase dois minutos para chegar ao piloto. Cinco médicos tentam removê-lo do cockpit de sua Williams, e a corrida está sob bandeira vermelha
Warm Up
HUGO BECKER, de Guarulhos
Depois de um início bastante tumultuado, o GP de San Marino está sob bandeira vermelha, interrompido em função de um violento acidente sofrido por Ayrton Senna.

 
O brasileiro liderava a prova deste domingo (1) em Ímola com vantagem de pouco menos de 1s para Michael Schumacher quando repentinamente, logo depois de abrir a sétima volta, perdeu o controle de sua Williams na curva Tamburello sem nenhuma razão aparente e saiu reto, colidindo de frente com o muro ao lado do traçado.
 
A violência da batida foi tal que, após o impacto, o carro #2 voltou rodando e chegou a quase entrar novamente na pista, desgovernado e parcialmente destruído, até parar.

Imediatamente, a direção de prova acionou a bandeira vermelha e paralisou a corrida. O corpo médico demorou quase dois minutos para chegar até Senna, que fez um breve movimento de cabeça em determinado momento, mas não saiu sozinho do carro, sendo retirado pelos médicos.
Senna se prepara para deixar os pits para largar no GP de San Marino (Foto: Getty Images)
Caos desde a largada
 
O caótico fim de semana em San Marino, que já contou com um fortíssimo acidente do jovem Rubens Barrichello nos treinos livres de sexta-feira e a morte de Roland Ratzenberger durante a classificação no sábado – a primeira em um evento oficial de F1 desde 1982 – teve, ainda, uma grande batida no início da corrida de hoje.

 
Na largada, a Benetton de J.J. Lehto, quinto colocado, ficou parada no grid. Pedro Lamy, que largou em 22º, não conseguiu ver o carro do finlandês e bateu em cheio com sua Lotus na traseira do carro do nórdico. Pneus chegaram a voar para as arquibancadas e os dois carros ficaram bastante danificados, mas ninguém saiu ferido.
 
O incidente causou apenas bandeira amarela e provocou a entrada do safety-car à frente do pelotão, em um novo procedimento adotado emergencialmente pela F1 visando aumentar a segurança durante o período de amarela.
 
GRANDE PRÊMIO acompanha o GP de San Marino, terceira etapa da temporada 1994 da F1 em TEMPO REAL. Mais informações sobre o violento acidente de Senna e seu estado de saúde em instantes.

Últimas Notícias
segunda-feira, 24 de julho de 2017
Indy
F-E
Superbike
F-E
F1
F1
F1
Stock Car
Nascar
F1
Nascar
F1
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook