Kart
26/04/2015 12:53

Primeiro preparador de kart de Ayrton Senna, Tchê morre em decorrência de infarto em São Paulo

Lucio Pascoal Gascon, conhecido como Tchê, foi uma das figuras mais respeitadas do kartismo no Brasil. O espanhol ficou conhecido pelo trabalho com Ayrton Senna, mas também viveu parcerias com Emerson Fittipaldi e Nelson Piquet. Tchê morreu na madrugada deste domingo (26) em decorrência de um infarto
Warm Up
Redação GP, de Curitiba
Lúcio Pascoal Gascón, conhecido como Tchê, morreu na madrugada deste domingo (26) em decorrência de um infarto na cidade de São Paulo. O espanhol foi um dos mais importantes preparadores de kart do Brasil e ficou bastante conhecido na história do automobilismo no país por conta do trabalho feito com Ayrton Senna, ainda no início da carreira do tricampeão da F1. Nascido na região de Segóvia, próxima a Madri, o preparador tinha 78 anos.

Dono de uma oficina nas proximidades do autódromo de Interlagos, também viveu parcerias com Emerson Fittipaldi e Nelson Piquet, e ajudou diversos pilotos do kartismo nacional. Também trabalhou com nomes como Chico Serra, Maurício Gugelmin, Roberto Pupo Moreno e Maurizio Sala.
Lucio Pascoal Gascon, conhecido como Tchê, morreu em São Paulo neste domingo (Foto: Arquivo Allkart.net)
Nascido na Espanha, Tchê chegou ao Brasil em 1960 em busca de emprego. Com estudos em engenharia, o preparador logo se encontrou no esporte a motor e passou a trabalhar com Silvano Pozzi, um dos pioneiros do kartismo brasileiro. E daí para frente, foi só aperfeiçoando a técnica na preparação de motores para a categoria que é o primeiro degrau no automobilismo. 

Tchê conheceu Senna em junho de 1974 em São Paulo e era o preparador de motores do futuro piloto da F1. Os dois trabalharam juntos por sete anos. 

Leia mais no Allkart.

Últimas Notícias
quarta-feira, 29 de março de 2017
F1
F2
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Stock Car
Indy
F1
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook