Kart
12/01/2014 16:24

Supersticioso, Massa fala em repetir na F1 pódio do Desafio, mas admite: “Expectativa grande para Williams”

Felipe Massa acredita em superstição e espera repetir o pódio conquistado no Desafio das Estrelas durante a temporada da F1 pela Williams. Mas o brasileiro admite que é esperar demais, considerando o ano ruim que a equipe teve em 2013
Warm Up
RENAN DO COUTO, de Penha
GABRIEL CURTY, de São Paulo

icon_foto As imagens do domingo do Desafio das Estrelas no Beto Carrero

Supersticioso como quase todo piloto, Felipe Massa vê como um bom sinal o pódio conquistado no Desafio das Estrelas. O brasileiro foi o terceiro colocado na corrida deste domingo (12), em Penha (SC). A meta é carregar, na medida do possível, esse bom resultado para os GPs de F1 que vai disputar a partir de março. Na visão do próprio Massa, é uma expectativa elevada, tendo em vista o desempenho da Williams em 2013, mas o piloto bota fé no impulso que o time pode ganhar com a mudança no regulamento técnico da categoria.
 
“Não tem piloto que não seja supersticioso, que não faça alguma coisa para entrar no carro. Eu sou. Acho que é sempre bom começar o ano no pódio, sem dúvida. Gostaria de estar no lugar dele [Liuzzi], mas é sempre bom estar no pódio", brincou Felipe na coletiva realizada após o evento.

"Espero, sem dúvida, voltar ao pódio neste ano, na F1, uma expectativa até grande, pois o ano que a Williams teve não foi bom. Mas é outro ano, outro regulamento, vou fazer o máximo possível para voltar ao pódio o maior número de vezes possível neste ano”, disse.
 
Massa se envolveu em várias disputas, uma delas com Lucas Di Grassi (Foto: Duda Bairros)
A respeito da corrida deste domingo, o brasileiro destacou as várias batalhas que a prova proporcionou. Analisou o incidente com Lucas Di Grassi como normal e elogiou os desempenhos de Vitantonio Liuzzi e Sébastien Buemi.
 
“Foi uma corrida batalhada desde o começo, aonde eu consegui me recuperar. Cheguei na briga pelas três primeiras colocações no final, aonde coloquei do lado de dentro do Lucas. A última curva era pé embaixo, dois karts era complicado de fazer. A gente acabou encostando e consegui ganhar a posição dele, ele acabou saindo para o lado de fora da pista. Foi um toque, aconteceram muitos neste fim de semana", descreveu.

"Mas foi uma corrida legal, batalhada, de muitas ultrapassagens, lutas aconteceram dentro da pista e sem dúvida o Vitantonio fez uma excelente corrida. Conseguiu largar na pole e ganhar. Teve a chance também de andar sozinho, isso ajudou bastante a corrida dele, mas fez uma grande corrida, como o Sébastien Buemi”, analisou Massa.
 
O Mundial de F1 começa dia 16 de março, na Austrália. Massa viaja nesta segunda para a Europa, onde vai acompanhar a preparação da Williams para o campeonato e deve visitar o amigo Michael Schumacher no Centro Hospitalar Universitário de Grénoble.

GRANDE PRÊMIO cobre 'in loco' o Desafio das Estrelas, no Kartódromo Beto Carrero, com o repórter Renan do Couto. Acompanhe todo o noticiário aqui.

Últimas Notícias
segunda-feira, 23 de outubro de 2017
Copa Grande Prêmio
F1
F1
F1
F1
F1
MotoGP
F1
F1
Nascar
F1
F1
Nascar
F1
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook