Brasileiro de Marcas
19/11/2016 16:05

Casagrande se recupera de erro na largada e conquista vitória na corrida 1 do Brasileiro de Marcas em Curvelo

Gabriel Casgrande mostrou que está totalmente adaptado ao Circuito dos Cristais. Neste sábado (19), o piloto largou da pole-position, mas acabou errando na saída e caiu para quinto. Ao longo da corrida foi conquistando as posições do pelotão e no final recebeu a bandeira quadriculada na primeira posição
Warm Up
NATHÁLIA DE VIVO, de São Paulo
Gabriel Casagrande provou que se acostumou muito rápido ao Circuito dos Cristais. Neste sábado (19), o piloto largou da pole-position e logo na saída cometeu um erro, caindo para quinto. Mas logo se recuperou e acabou conquistando a vitória em Curvelo.
 
Assim que foi autorizada a largada, Gabriel ficou na ponta, mas na primeira curva viu Felipe Tozzo fazer linda ultrapassagem para assumir a ponta. O titular da C2 Team ainda cometeu um errou, escapou da pista e caiu para quinto.
 
A ordem da corrida então era de Tozzo, Carlos Souza, Nonô Figueiredo, Casagrande, que conseguiu subir uma posição e Thiago Marques completava o top-5 do momento.
Gabriel Casagrande (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar)

O jovem piloto tentou, então, dar o bote em cima do atual líder da temporada, mas acabou vendo a porta ser fechada. No entanto, o competidor do carro #83 não se viu satisfeito e, na curva seguinte, enfim conseguiu assumir o terceiro posto.
 
Casagrande foi escalando cada vez mais o pelotão, e logo abocanhou a segunda colocação de Carlos Souza. Agora, ele sustentava uma desvantagem de 1s172 do ponteiro Tozzo.
 
Foi quando aconteceu, na quinta volta da corrida, um dos melhores lances da prova. Casagrande foi tentar assumir a ponta da disputa. No entanto, acabou acertando o carro de Tozzo, que acabou saindo do traçado.
 
Quem acabou se aproveitando de todo o problema foi Souza, que então pulou para a primeira posição, enquanto Gabriel permaneceu em segundo e o titular da Friato despencou para o quarto posto.
 
O azar de Nonô iria continuar ao longo da prova. No giro de número 7 no Circuito dos Cristais, o titular da Chevrolet acabou errando e escapou também da pista. O resultado foi cair para o final do pelotão, para o 13º posto.
 
Com menos de dez minutos para a bandeira quadriculada tremular em Curvelo, Souza mantinha a primeira posição, seguido por Casagrande, Tozzo, Daniel Kaefer e Marques fechavam o top-5 do momento.
 
Na volta 9, então, a prova teve de ter a interferência do carro de segurança. O motivo foi que Enrico Bucci acabou parando o carro na pista, e foi necessário retirá-lo do local em que estava.
 
 Assim que foi dada a relargada, uma cena um tanto quanto estranha. Em um movimento suspeito, Kaefer foi tentar fazer a ultrapassagem em cima de Marques. No entanto, acabou errando e acertando a traseira do adversário, que acabou fora do traçado. Kaefer ficou com seu carro danificado.
 
Foi quando, incansável, Casagrande enfim conseguiu ultrapassar Souza em bote certeiro em cima do adversário da Honda. Uma intensa briga começou então pela liderança.
 
Mas Gabriel acabou se estabilizando na ponta, abrindo vantagem maior a cada volta. No fim, cruzou a linha de chegada 3s009 à frente de Souza, o segundo. Tozzo completou o pódio do dia, com Vicente Orige e Gustavo Martins.
 
Na verdade, quem terminou a corrida na quarta posição foi Daniel Kaefer. No entanto, por conta de seu acidente com Marques, acabou recebendo uma punição e um acréscimo de 20s ao seu tempo final.


Últimas Notícias
sexta-feira, 23 de junho de 2017
F1
Indy
MotoGP
F1
F1
F1
F1
Indy
F1
Endurance
F1
F1
MotoGP
F2
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook