Brasileiro de Marcas
09/04/2016 13:48

Com altos e baixos, Orige conquista pole-positon do Brasileiro de Marcas no Velopark e bate em seguida

Instantes depois de marcas o ótimo tempo de 59s290, Vicente Orige passou reto na primeira curva do Velopark e bateu na barreira de pneus. A sorte do piloto da Honda é que ninguém foi capaz de melhorar seus tempos de volta
Warm Up, do Velopark
VITOR FAZIO, do Velopark
Primeiro a volta da pole no Brasileiro de Marcas, depois a batida na barreira de pneus. Vicente Orige teve um treino classificatório de altos e baixos neste sábado (9), mas, aos trancos, conseguiu garantir a posição de honra para a Honda.
 
A sessão, que já era curta – apenas 10 minutos para voltas rápidas – ficou ainda mais conturbada por causa das duas bandeiras vermelhas, acionadas por acidentes. Com tempo de pista ainda mais reduzido, os adversários de Orige não foram capazes de melhorar suas voltas.
 
Nonô Figueiredo conseguiu o segundo lugar. 0s342 atrás de Orige, o veterano confirmou a presença na primeira fila nos últimos momentos da classificação.
Vicente Orige no Velopark (Foto: Duda Bairros)
Daniel Kaefer, de equipe nova, se contentou com a terceira posição no grid de largada. Cesar Bonilha e Gustavo Martins fecharam o top-5.
 
A prova será transmitida ao vivo pelo canal Esporte Interativo, que confirmou a exibição de toda a temporada. A corrida deste sábado vai ser exibida pelo EI Maxx 2.

Saiba como foi a classificação do Brasileiro de Marcas no Velopark
 
O treino classificatório do Brasileiro de Marcas começou um pouco acidentado. Momentos depois de a bandeira verde ser agitada, Marcio Basso rodou e parou no meio da pista. Os carros que vinham atrás não tiveram espaço para passar e a bandeira vermelha foi acionada por 3 minutos.
 
Gustavo Martins foi o primeiro líder da sessão, mas ainda sem uma volta rápida. Vicente Orige, com 59s882, assumiu a liderança na sequência, sendo superado por Daniel Kaefer, 59s834.
 
Aí, com 7 minutos restando na sessão classificatória, os acidentes voltaram a acontecer. No apertado complexo de curvas que marca o começo da volta, Marco Romanini passou reto e partiu para a barreira de pneus. Orige cometeu o mesmo erro na sequência, pouco depois de recuperar a liderança com 59s290.
 
Outra bandeira vermelha foi necessária para retirar os carros da área de escape. Passada metade da atividade, o top-5 era composto por Orige, Kaefer, Nonô Figueiredo, Gustavo Martins e Cesar Bonilha.
 
Ao fim da interrupção, os pilotos teriam pouco mais de 3 minutos para melhoras suas voltas. E foi isso que Nonô fez: com 59s718, o #11 superou Kaefer e tomou a segunda colocação.
 
Figueiredo acabou sendo a exceção. Com pouco tempo hábil, as posições de destaque pouco mudaram. Bonilha ainda tomaria o quarto posto de Martins, mas ficou por aí. Com carro avariado, Orige comemorou a pole.
PADDOCK GP #23, FALA SOBRE FITTIPALDI E FIM DE SEMANA MOVIMENTADO NO ESPORTE




Últimas Notícias
quinta-feira, 22 de junho de 2017
Indy
F1
Indy
Endurance
F1
Endurance
F1
MotoGP
F1
F1
F1
MotoGP
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook