Brasileiro de Marcas
22/05/2016 13:23

Honda fecha fim de semana perfeito e leva Kaefer à vitória na corrida 2 do Brasileiro de Marcas em Goiânia

Daniel Kaefer subiu no topo do pódio da corrida 2 da etapa de Goiânia do Brasileiro de Marcas. O piloto da JLM ganhou a posição após superar Carlos Souza, que abandonou, e William Starostik, que chegou em segundo lugar. Thiago Marques fechou de novo no pódio, em terceiro
Warm Up, de Goiânia
FERNANDO SILVA, de Goiânia
A Honda foi a grande vencedora da segunda etapa da temporada 2016 do Brasileiro de Marcas, em Goiânia. Em um fim de semana perfeito, a fábrica japonesa deu sequência ao bom momento depois de subir no topo do pódio com Gustavo Martins no último sábado. Na manhã deste domingo (22), o triunfo ficou com Daniel Kaefer, que teve um começo forte de corrida e não deu chances aos adversários para brilhar com um novo pódio depois de ter largado em sétimo.
 
Kaefer tirou proveito de um acidente entre o pole Nonô Figueiredo, Beto Monteiro e Fabio Carbone. Além disso, o piloto da JLM ganhou na pista as posições de Carlos Souza e William Starostik. Souza abandonou com problemas em seu carro, enquanto Starostik conseguiu se sustentar na disputa para fechar em segundo, 2s465 atrás do líder da disputa. 
 
Thiago Marques, que largou em sexto lugar em virtude da terceira colocação na corrida do sábado, repetiu o pódio neste domingo. Com uma pilotagem segura, o paranaense, com o Toyota Corolla da RZ, segurou no fim a pressão de Gustavo Martins, vencedor da prova 1 no sábado, para subir novamente no pódio em Goiânia, consolidando uma jornada positiva.
Daniel Kaefer comemora a vitória em Goiânia (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar)
Martins teve de se contentar com o quarto lugar após ter largado em oitavo, enquanto Gabriel Casagrande completou o rol dos cinco primeiros.
 
O pódio, assim, foi bastante diversificado, com três marcas distintas no top-3: Honda, Renault e Toyota.
 
Após os resultados do fim de semana, Martins mantém a liderança do campeonato e soma 71 pontos, dois a mais em relação a Marques. Casagrande tem 58, enquanto Kaefer acumula 50. Vicente Orige detém 49 tentos. Na classificação das marcas, a Honda reina soberana com 151 pontos, contra 122 da Renault e 92 da Toyota.
 
A próxima etapa da temporada está marcada para daqui a duas semanas, em 5 de junho, em Santa Cruz do Sul.
 
Saiba como foi a corrida 2 do Brasileiro de Marcas em Goiânia
 
Nonô Figueiredo largou na pole graças ao oitavo lugar conquistado na corrida 1, no sábado. Ao lado do piloto da Chevrolet, largou William Starostik, com Renault Fluence. Gustavo Martins, com seu Honda Civic, partiu em oitavo, obedecendo a regra do grid invertido em relação à prova anterior.
William Starostik assumiu a liderança na largada (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar)
Starostik largou muito bem e pulou para a ponta. Quem não fez uma boa largada foi Nonô. Na entrada da Curva 1, o experiente piloto se enroscou com Cruze de Beto Monteiro e o Renault Fluence de Fabio Carbone, que largou em quarto lugar. Carbone e Nonô foram parar no guard-rail, batendo forte. Por sorte, nenhum deles se feriu com gravidade. 
 
O início da disputa foi bem acidentado no meio do pelotão. Guilherme Salas, com outro Fluence, se envolveu num incidente e acabou sendo acertado pelo Chevrolet Cruze de Ayman Darwich, egípcio radicado em São Paulo. Com tanta confusão, a direção de prova acionou o safety-car.
 
Starostik acabou perdendo a liderança pouco depois da largada e foi ultrapassado pelo Honda Civic de Carlos Souza. Mas na volta seguinte, Kaefer, que também ganhou a posição do piloto da Renault, superou Souza e assumiu a ponta da corrida, enquanto Thiago Marques era o quarto, com César Bonilha no top-5 e Gustavo Martins em sexto.
Um pódio, três marcas em Goiânia (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar)
Mas Souza enfrentou problemas e ficou pelo caminho, de modo que Starostik recuperou o segundo lugar, com Marques em terceiro. Então, era Honda, Renault e Toyota nas três primeiras posições. Gustavo Martins vinha em quarto e buscava seu lugar no pódio, pressionando Thiago Marques, enquanto Gabriel Casagrande acompanhava tudo de perto, em quinto. O melhor Cruze na pista era o de Beto Monteiro, também piloto da F-Truck, em sétimo.
 
Nas voltas finais, Kaefer abriu vantagem para Starostik e não teve dificuldades para cruzar a linha de chegada na frente. Da mesma forma, Marques conseguiu sustentar a pressão sofrida por Martins e completou o pódio, fechando novamente no top-3 no circuito de Goiânia.
PADDOCK GP #29 RECEBE PIPO DERANI E DEBATE GP DA ESPANHA DE F1


Últimas Notícias
sábado, 29 de abril de 2017
Indy
sexta-feira, 28 de abril de 2017
Indy
Rali
Nascar
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook