Brasileiro de Marcas
19/11/2017 16:10

Marques aproveita enrosco de trio da Chevrolet e vence segunda seguida no Brasileiro de Marcas em Goiânia

Thiago Marques escapou de uma corrida bem acidentada e venceu pela segunda vez seguida no Brasileiro de Marcas em Goiânia. Agora, o paranaense da Renault tem chances reais de título
Warm Up
GABRIEL CURTY, de São Paulo

Thiago Marques completou um final de semana dos sonhos em Goiânia neste domingo (19). O piloto paranaense garantiu a segunda vitória da Renault em 2017 - a segunda consecutiva -, entrando de vez na briga pelo título da temporada do Brasileiro de Marcas.

Apesar do lastro, Marques conseguiu vencer graças a um enrosco triplo entre os então líderes da Chevrolet. Carlos Souza tocou em Nonô Figueiredo e Vicente Orige, que ainda chegou em segundo, ficou preso no mesmo incidente.

Atrás de Marques e Orige chegou Thiago Klein, que colocou a Toyota entre os três primeiros da segunda corrida goiana do Marcas. Pedro Boesel e Felipe Tozzo, que também se tocaram, deixaram a Chevrolet nos outros dois lugares do top-5.

Odair dos Santos chegou em sexto, seguido por Cesar Bonilha, Nonô, Marcio Basso e Patrick Choate. Nonô segue na liderança, mas agora tem 19 pontos para Orige e 40 para Marques.
Thiago Marques venceu também a segunda corrida do Marcas em Goiânia (Foto: Duda Bairros)
Confira como foi a corrida 2 do Brasileiro de Marcas em Goiânia

Nonô Figueiredo aproveitou a pole e saltou na frente de todo mundo, segurando as investidas iniciais do companheiro de Chevrolet Marcio Basso. No entanto, Basso foi tocado na sequência e caiu para o fundo do grid.
 
Enquanto Nonô já ia abrindo vantagem, algumas confusões aconteciam também pela pista úmida. Humberto Beisuz rodou, na sequência sendo acompanhado por Enrico Bucci. Os dois já deixavam o grid com 11 carros.
 
O rendimento da Chevrolet era muito bom no início e a marca tinha os três primeiros colocados. Nonô, Vicente Orige e Carlos Souza aproveitavam e abriam vantagem, com certa margem para Thiago Marques, da Renault.
 
No entanto, Souza tentou mergulhar para cima dos rivais e protagonizou um choque com Nonô. Orige também ficou preso no incidente e quem se deu bem foi Marques, que pulou na frente dos três.
 
Souza recolheu, enquanto Nonô tentou ficar na pista, mas perdeu completamente o rendimento que tinha antes. Orige se manteve em segundo, com ótima vantagem para Felipe Tozzo, Thiago Klein e Pedro Boesel.

Marques fugiu totalmente do resto na frente, com Orige fazendo o mesmo em segundo. Klein foi outro que se isolou em terceiro, gerando uma nova briga entre Chevrolet, dessa vez com Tozzo batendo em Boesel e passeando na grama. Assim, Pedro foi o quarto. 

Nonô, mesmo com ritmo bem pior que no início da corrida, ainda chegou no final e superou o companheiro Basso, terminando em oitavo e garantindo mais alguns pontinhos na briga pelo título.

MELHOR DE 2017

COM TÍTULO EM TEMPORADA DIFÍCIL, MÁRQUEZ É PILOTO DO ANO


Últimas Notícias
domingo, 10 de dezembro de 2017
Stock Car
Stock Car
Stock Car
Brasileiro de Turismo
Brasileiro de Marcas
Brasileiro de Turismo
Stock Car
Stock Car
Stock Car
Stock Car
Stock Car
Stock Car
F1
F1
Stock Car
Galerias de Imagens
Facebook