Brasileiro de Marcas
13/12/2015 17:01

Meira administra vantagem, cruza em 8º e fatura título do Brasileiro de Marcas. Casagrande vence corrida 2 em Interlagos

Gabriel Casagrande manteve o grande fim de semana da Renault e venceu a corrida 2 do Brasileiro de Marcas em dobradinha com Rubens Barrichello. Vitor Meira, em oitavo, sacramentou a conquista do título
Warm Up, de Interlagos
GABRIEL CURTY, de Interlagos
Vitor Meira é o grande campeão da temporada 2015 do Brasileiro de Marcas. Chegando na oitava colocação na corrida 2 em Interlagos neste domingo (13), o brasiliense faturou o título do campeonato, mantendo a vantagem que tinha para Gustavo Martins, que foi sétimo. A prova foi vencida com muita tranquilidade para Gabriel Casagrande.

O campeonato de Marcas foi vencido pela Honda, de Meira, que alcançou os 523 pontos. A Renault contou com um grande fim de semana e sacramentou o vice, seguida pela Toyota, Chevrolet e Ford.

Casagrande, aliás, completou um fim de semana perfeito para a Renault, que ainda viu Rubens Barrichello ser segundo e fechar a dobradinha. Daniel Kaefer, que foi pole, fechou o pódio.

Guilherme Salas teve mais uma atuação bastante convincente e chegou na quarta colocação. Thiago Marques veio na sequência, antes de Vicente Orige, Martins e Meira. Sergio Ramalho e Mauri Zacarelli fecharam o top-10 em São Paulo.
Gabriel Casagrande venceu a segunda prova do Marcas em Interlagos (Foto: Duda Bairros/Vicar)
Confira como foi a última prova do Brasileiro de Marcas em 2015:

A largada para a última prova da temporada 2015 do Brasileiro de Marcas veio às 14h23. Daniel Kaefer sofreu com a pressão de Nonô Figueiredo, mas manteve a dianteira, com Gabriel Casagrande sobrevivendo no segundo posto.
 
Logo no S do Senna, Nonô escapou junto de Gustavo Martins, fazendo Rodrigo Baptista, Thiago Marques e Rubens Barrichello saltarem para o top-5.
 
A segunda volta já viu importantes movimentações na parte de cima do grid. Sem bom rendimento, Guilherme Salas foi perdendo posições, enquanto Kaefer viu escapulir a liderança, superado por Casagrande e também Baptista.
 
Na volta seguinte, mais trocas de posição. As Honda não aguentaram a pressão de Salas e foram perdendo posições, com o jovem da Chevrolet indo para sexto. Lá atrás, a novata na categoria Bia Figueiredo tentava ganhar terreno, aparecendo em 15º.
Vitor Meira é o grande campeão da temporada 2015 do Marcas (Foto: Duda Bairros/Vicar)
Casagrande mantinha a ponta, 0s4 na frente de Baptista. Kaefer vinha 0s5 atrás da outra Toyota e levava 0s7 de frente para Barrichello e Carbone. Favoritíssimo ao título, Vitor Meira vinha em décimo.
 
Após muita pressão, Barrichello finalmente se livrava de Kaefer no sexto giro. No embalo, Carbone foi para cima do piloto da Toyota e subiu para quarto em linda manobra.
 
Com excelente ritmo, Rubens também superou Baptista no início da oitava volta. Carbone novamente tentou acompanhar, mas dessa vez teve seu pneu furado em um toque com o piloto da Toyota. Aí era vez de Salas apertar Kaefer e Baptista pela vaga restante no pódio.
 
As posições seguiam estabelecidas, com Salas apertando pelo terceiro lugar e Meira buscando o oitavo posto contra Orige.
 
Martins, enquanto isso, ficava cada vez mais distante da taça, caindo para o oitavo lugar após ser superado por Marques e Orige.
 
No giro derradeiro, Baptista foi ficando, ficando e perdeu a posição no pódio. Melhor para Kaefer e para Salas, que ganharam posições.
 
No fim, Casagrande marchou tranquilo para o triunfo, seguido por Barrichello, Kaefer, Salas, Marques, Orige, Martins, Meira, Sergio Ramalho e Mauri Zaccarelli. Bia ficou em 12º.
 
O resultado deu o título para Meira, que chegou aos 226 pontos. Martins assegurou o vice com 199 pontos.
Últimas Notícias
sexta-feira, 28 de abril de 2017
Motociclismo
F1
quinta-feira, 27 de abril de 2017
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Indy
F1
MotoGP
F1
F1
MotoGP
F1
Galerias de Imagens
Facebook