Brasileiro de Marcas
18/11/2016 16:31

Multicampeã, Honda anuncia saída do Brasileiro de Marcas ao fim de 2016. Grid fica com quatro montadoras

A Honda optou por concentrar esforços “em ativações de marketing ligadas à F1”. Assim, quem levou a pior foi o programa no Brasileiro de Marcas, onde os japoneses levaram 11 títulos – cinco entre pilotos, quatro entre equipes, dois entre marcas
Warm Up
Redação GP, de Porto Alegre
A temporada 2016 vai ser a última da Honda no Brasileiro de Marcas, um dos maiores campeonatos de turismo do Brasil. A marca japonesa anunciou a retirada do carro Civic nesta sexta-feira (18), encerrando um ciclo repleto de vitórias no certame.
 
A justificativa da montadora é o “foco de esforços em ativações de marketing ligadas à F1”, campeonato em que a Honda tenta recuperar as glórias do passado. Depois de um retorno horrendo com a McLaren, a dupla parece estar entrando nos trilhos.
A Honda abandona o Brasileiro de Marcas (Foto: Duda Bairros)
O que não faltou no Brasileiro de Marcas foi sucesso. Somando todas as disputas, a Honda levou 11 títulos – cinco entre pilotos, quatro entre equipes e dois entre marcas. Ricardo Maurício foi o grande nome da marca, sendo tricampeão consecutivo entre 2012 e 2014. Outro título veio em 2015, mas agora com Vitor Meira ao volante. Em 2016, Vicente Orige e Gustavo Martins eram os únicos representantes, através da equipe JLM.
 
O anúncio significa que o grid do Brasileiro de Marcas vai ter quatro montadoras em 2017 – Renault, Ford, Chevrolet e Toyota. Ainda não é certo se a queda no número de carros disponibilizados vai resultar em uma queda no número de competidores.
 


Últimas Notícias
segunda-feira, 11 de dezembro de 2017
MotoGP
F1
Stock Car
Superbike
F1
F1
F1
Endurance
F1
Indy
F1
Indy
domingo, 10 de dezembro de 2017
Stock Car
Stock Car
Stock Car
Galerias de Imagens
Facebook