Brasileiro de Marcas
18/11/2016 16:31

Multicampeã, Honda anuncia saída do Brasileiro de Marcas ao fim de 2016. Grid fica com quatro montadoras

A Honda optou por concentrar esforços “em ativações de marketing ligadas à F1”. Assim, quem levou a pior foi o programa no Brasileiro de Marcas, onde os japoneses levaram 11 títulos – cinco entre pilotos, quatro entre equipes, dois entre marcas
Warm Up
Redação GP, de Porto Alegre
A temporada 2016 vai ser a última da Honda no Brasileiro de Marcas, um dos maiores campeonatos de turismo do Brasil. A marca japonesa anunciou a retirada do carro Civic nesta sexta-feira (18), encerrando um ciclo repleto de vitórias no certame.
 
A justificativa da montadora é o “foco de esforços em ativações de marketing ligadas à F1”, campeonato em que a Honda tenta recuperar as glórias do passado. Depois de um retorno horrendo com a McLaren, a dupla parece estar entrando nos trilhos.
A Honda abandona o Brasileiro de Marcas (Foto: Duda Bairros)
O que não faltou no Brasileiro de Marcas foi sucesso. Somando todas as disputas, a Honda levou 11 títulos – cinco entre pilotos, quatro entre equipes e dois entre marcas. Ricardo Maurício foi o grande nome da marca, sendo tricampeão consecutivo entre 2012 e 2014. Outro título veio em 2015, mas agora com Vitor Meira ao volante. Em 2016, Vicente Orige e Gustavo Martins eram os únicos representantes, através da equipe JLM.
 
O anúncio significa que o grid do Brasileiro de Marcas vai ter quatro montadoras em 2017 – Renault, Ford, Chevrolet e Toyota. Ainda não é certo se a queda no número de carros disponibilizados vai resultar em uma queda no número de competidores.
 


Últimas Notícias
segunda-feira, 26 de junho de 2017
MotoGP
F1
MotoGP
MotoGP
F1
domingo, 25 de junho de 2017
Turismo
Indy
Indy
World Series
F1
F1
Indy
Indy
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook