Brasileiro de Marcas
09/12/2016 09:42

Na briga pelo título, Casagrande lidera primeiro treino do Brasileiro de Marcas em Interlagos com facilidade

Gabriel Casagrande conseguiu 0s665 de vantagem para a concorrência no primeiro treino livre em Interlagos. É um resultado muito importante para o terceiro colocado no campeonato, com chances reais de se sagrar campeão do Brasileiro de Marcas
Warm Up
VITOR FAZIO, de Porto Alegre
 
Gabriel Casagrande abriu o final de semana em boa forma. O piloto da Renault comandou o primeiro treino livre do Brasileiro de Marcas em Interlagos nesta sexta-feira (9), registrando o melhor tempo com 0s665 de vantagem para a concorrência. Vicente Orige, outro que sonha com a taça, pintou em segundo – mas ainda precisando trabalhar pesado para ser o mais veloz.
 
Daniel Kaefer pintou em terceiro, 0s755 atrás do tempo de Casagrande. Willian Starostik e Luiz Razia, ambos fora da briga pelo título, completaram o top-5.
 
A atividade deu dicas interessantes sobre o rendimento dos carros em Interlagos, mas acabou incompleta. Uma bandeira vermelha 10 minutos antes do fim do treino impediu que as equipes cumprissem seu planejamento do TL1. Por conta do pouco tempo restando, a sessão nem foi reiniciada.
Gabriel Casagrande (Foto: Fabio Davini/Vicar)
Saiba como foi o primeiro treino livre do Brasileiro de Marcas
 
O primeiro treino livre do Brasileiro de Marcas em Interlagos contou com bastante ação. Interlagos, circuito que definiria o campeão de 2016 dentre oito concorrentes, recebeu os carros da categoria com céu azul e temperaturas agradáveis.
 
As condições de pista garantiram que bons tempos de volta fossem anotados quase imediatamente. Gabriel Casagrande registrou 1min49s439, 0s665 melhor do que Vicente Orige, dono de 1min50s104. Daniel Kaefer e Willian Starostik vinham pouco atrás, devendo aproximadamente 0s7 para o tempo de Casagrande.
 
Restando 10 minutos para o final do primeiro treino, uma bandeira vermelha foi acionada. Foi uma péssima notícia para aqueles que planejavam ganhar quilometragem na reta final da atividade. Considerando o pouco tempo de pista no final de semana inteiro – 2h30, somando os dois treinos livres – a perda de minutos poderia ser custosa.
 
E, de fato, o treino não foi reiniciado. Mesmo com a atividade interrompida, Casagrande teve tempo suficiente para mostrar que abre o final de semana com o ritmo necessário para brigar com força pelo título.
 


Últimas Notícias
segunda-feira, 20 de novembro de 2017
Endurance
F-E
F1
MotoGP
Nascar
MotoGP
F3
F1
F1
Stock Car
domingo, 19 de novembro de 2017
Stock Car
Stock Car
Stock Car
Brasileiro de Marcas
Stock Car
Galerias de Imagens
Facebook