Brasileiro de Turismo
22/12/2016 06:30

Brasileiro de Turismo divulga calendário da temporada 2017 com 15 corridas e abertura em Goiânia

Ao todo, a categoria de acesso à Stock Car terá sete rodadas duplas, além da grande final, que será disputada em Interlagos no dia 10 de dezembro. A próxima temporada vai começar em 1º de abril com a disputa da etapa de Goiânia. A categoria ainda vai passar pelo Velopark, Santa Cruz do Sul, Londrina, Tarumã, Curitiba e seguirá a Stock Car no fim de semana da Corrida do Milhão
Warm Up
Redação GP, de Sumaré
 
Na esteira das competições organizadas pela Vicar, o Brasileiro de Turismo seguiu a Stock Car, o Brasileiro de Marcas e o Mercedes-Benz Challenge e anunciou o calendário da temporada 2017 na última quarta-feira (21). A exemplo do que foi neste ano, a categoria de acesso à Stock Car vai contar com 15 corridas, sendo sete rodadas duplas e a grande final, marcada para 10 de dezembro em Interlagos. A etapa de abertura do campeonato está marcada para 1º de abril e terá como palco o Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia.
 
Em relação a 2016, o Brasileiro de Turismo vai visitar algumas praças distintas. Por exemplo, na próxima temporada a categoria de acesso à Stock Car não vai correr em Curvelo, mas vai a Santa Cruz do Sul, Londrina e Tarumã, três dos circuitos mais tradicionais do Brasil.
O Brasileiro de Turismo anunciou o calendário para a temporada 2017 (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Três semanas depois da abertura do campeonato, o Brasileiro de Turismo vai a Nova Santa Rita para a etapa do Velopark. Quase um mês depois, entre 20 e 21 de maio, a categoria volta ao Rio Grande do Sul para a rodada dupla de Santa Cruz do Sul, no interior gaúcho. Aí o calendário prevê um espaço maior para a disputa da quarta rodada dupla, em Londrina, sendo realizada nos dias 8 e 9 de julho.
 
O Brasileiro de Turismo estará no mesmo fim de semana da Corrida do Milhão da Stock Car, marcado para 10 de setembro, em local ainda a ser definido. Já entre os dias 30 de setembro e 1º de outubro, a categoria tem garantido o seu retorno a Tarumã, tradicional autódromo gaúcho. Três semanas depois, entre 21 e 22 de outubro, Curitiba recebe a última rodada dupla do campeonato e a penúltima etapa de 2017.
 
A grande final, que a exemplo dos dois últimos anos, está marcada para Interlagos, também seguirá o formato da última temporada: corrida única com distribuição dos pontos em dobro, marcada para 10 de dezembro. 

Segundo informa a organização do Brasileiro de Turismo, o formato em vigor para o ano que vem terá uma evolução ao que foi introduzido em 2016, quando as paradas obrigatórias de box e o uso do botão de ultrapassagem passaram a se fazer presentes nas disputas das provas complementares de cada etapa e na final. Para 2017, a categoria terá novidades que deverão mudar a estratégia de equipes e pilotos durante todo o final de semana.
 
Diferente deste ano, as corridas disputadas aos sábados terão 25 minutos de duração e as de domingo serão mais longas, com 30 minutos. O uso do botão de ultrapassagem, antes restrito somente às corridas dos domingos, foi padronizado: cada piloto terá 11 acionamentos do push- to-pass já a partir do treino de classificação. Nas corridas de domingo haverá uma janela de reabastecimento para os carros, como acontece na Stock Car.
 
A ideia é tornar a categoria de acesso o mais parecida possível com a classe rainha do automobilismo brasileiro, permitindo uma melhor adaptação aos pilotos que almejam dar o próximo passo e seguir rumo à Stock Car.
 
"O que teremos na próxima temporada é uma evolução do que experimentamos em 2016, melhorando a preparação dos pilotos e aproximando a categoria da Stock Car no conceito, gerando mais emoção para o público e familiarizando os competidores com o formato usado na Stock", destaca Gerson Marques, da M+M Eventos Esportivos, empresa que organiza o Brasileiro de Turismo.
 
Os pódios das corridas passarão a premiar os cinco primeiros colocados, em vez dos três tradicionais. Ao final de cada etapa, os quatro primeiros pilotos na classificação do campeonato terão peso extra adicionado aos carros para a rodada dupla seguinte. O primeiro levará 80 kg de lastro de competitividade, o segundo 70, o terceiro 60 e o quarto, 50 quilos. 
 
A iniciativa visa trazer mais equilíbrio à disputa, mas a exceção fica na etapa final, em que os pilotos partem para a disputa sem nenhum lastro adicional.
 
Em 2016, o Brasileiro de Turismo coroou como campeão o gaúcho Márcio Campos, da equipe Motortech.

Confira o calendário:
 
1 GOIÂNIA GO 1º e 2 DE ABRIL
2 VELOPARK RS 22 e 23 DE ABRIL
3 SANTA CRUZ DO SUL RS 20 E 21 DE MAIO
4 LONDRINA PR 8 E 9 DE JULHO
5 A SER CONFIRMADO TBC 9 E 10 DE SETEMBRO
6 TARUMÃ RS 30/SET E 1º/OUT
7 CURITIBA PR 21 E 22 DE OUTUBRO
8 INTERLAGOS SP 10 DE DEZEMBRO
 
 

Últimas Notícias
sábado, 29 de abril de 2017
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Superbike
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook