Brasileiro de Turismo
22/12/2016 06:30

Brasileiro de Turismo divulga calendário da temporada 2017 com 15 corridas e abertura em Goiânia

Ao todo, a categoria de acesso à Stock Car terá sete rodadas duplas, além da grande final, que será disputada em Interlagos no dia 10 de dezembro. A próxima temporada vai começar em 1º de abril com a disputa da etapa de Goiânia. A categoria ainda vai passar pelo Velopark, Santa Cruz do Sul, Londrina, Tarumã, Curitiba e seguirá a Stock Car no fim de semana da Corrida do Milhão
Warm Up
Redação GP, de Sumaré
 
Na esteira das competições organizadas pela Vicar, o Brasileiro de Turismo seguiu a Stock Car, o Brasileiro de Marcas e o Mercedes-Benz Challenge e anunciou o calendário da temporada 2017 na última quarta-feira (21). A exemplo do que foi neste ano, a categoria de acesso à Stock Car vai contar com 15 corridas, sendo sete rodadas duplas e a grande final, marcada para 10 de dezembro em Interlagos. A etapa de abertura do campeonato está marcada para 1º de abril e terá como palco o Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia.
 
Em relação a 2016, o Brasileiro de Turismo vai visitar algumas praças distintas. Por exemplo, na próxima temporada a categoria de acesso à Stock Car não vai correr em Curvelo, mas vai a Santa Cruz do Sul, Londrina e Tarumã, três dos circuitos mais tradicionais do Brasil.
O Brasileiro de Turismo anunciou o calendário para a temporada 2017 (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Três semanas depois da abertura do campeonato, o Brasileiro de Turismo vai a Nova Santa Rita para a etapa do Velopark. Quase um mês depois, entre 20 e 21 de maio, a categoria volta ao Rio Grande do Sul para a rodada dupla de Santa Cruz do Sul, no interior gaúcho. Aí o calendário prevê um espaço maior para a disputa da quarta rodada dupla, em Londrina, sendo realizada nos dias 8 e 9 de julho.
 
O Brasileiro de Turismo estará no mesmo fim de semana da Corrida do Milhão da Stock Car, marcado para 10 de setembro, em local ainda a ser definido. Já entre os dias 30 de setembro e 1º de outubro, a categoria tem garantido o seu retorno a Tarumã, tradicional autódromo gaúcho. Três semanas depois, entre 21 e 22 de outubro, Curitiba recebe a última rodada dupla do campeonato e a penúltima etapa de 2017.
 
A grande final, que a exemplo dos dois últimos anos, está marcada para Interlagos, também seguirá o formato da última temporada: corrida única com distribuição dos pontos em dobro, marcada para 10 de dezembro. 

Segundo informa a organização do Brasileiro de Turismo, o formato em vigor para o ano que vem terá uma evolução ao que foi introduzido em 2016, quando as paradas obrigatórias de box e o uso do botão de ultrapassagem passaram a se fazer presentes nas disputas das provas complementares de cada etapa e na final. Para 2017, a categoria terá novidades que deverão mudar a estratégia de equipes e pilotos durante todo o final de semana.
 
Diferente deste ano, as corridas disputadas aos sábados terão 25 minutos de duração e as de domingo serão mais longas, com 30 minutos. O uso do botão de ultrapassagem, antes restrito somente às corridas dos domingos, foi padronizado: cada piloto terá 11 acionamentos do push- to-pass já a partir do treino de classificação. Nas corridas de domingo haverá uma janela de reabastecimento para os carros, como acontece na Stock Car.
 
A ideia é tornar a categoria de acesso o mais parecida possível com a classe rainha do automobilismo brasileiro, permitindo uma melhor adaptação aos pilotos que almejam dar o próximo passo e seguir rumo à Stock Car.
 
"O que teremos na próxima temporada é uma evolução do que experimentamos em 2016, melhorando a preparação dos pilotos e aproximando a categoria da Stock Car no conceito, gerando mais emoção para o público e familiarizando os competidores com o formato usado na Stock", destaca Gerson Marques, da M+M Eventos Esportivos, empresa que organiza o Brasileiro de Turismo.
 
Os pódios das corridas passarão a premiar os cinco primeiros colocados, em vez dos três tradicionais. Ao final de cada etapa, os quatro primeiros pilotos na classificação do campeonato terão peso extra adicionado aos carros para a rodada dupla seguinte. O primeiro levará 80 kg de lastro de competitividade, o segundo 70, o terceiro 60 e o quarto, 50 quilos. 
 
A iniciativa visa trazer mais equilíbrio à disputa, mas a exceção fica na etapa final, em que os pilotos partem para a disputa sem nenhum lastro adicional.
 
Em 2016, o Brasileiro de Turismo coroou como campeão o gaúcho Márcio Campos, da equipe Motortech.

Confira o calendário:
 
1 GOIÂNIA GO 1º e 2 DE ABRIL
2 VELOPARK RS 22 e 23 DE ABRIL
3 SANTA CRUZ DO SUL RS 20 E 21 DE MAIO
4 LONDRINA PR 8 E 9 DE JULHO
5 A SER CONFIRMADO TBC 9 E 10 DE SETEMBRO
6 TARUMÃ RS 30/SET E 1º/OUT
7 CURITIBA PR 21 E 22 DE OUTUBRO
8 INTERLAGOS SP 10 DE DEZEMBRO
 
 


Últimas Notícias
quarta-feira, 23 de agosto de 2017
F1
F1
MotoGP
Shell
terça-feira, 22 de agosto de 2017
Rali
Copa Grande Prêmio
F1
F1
Seletiva BR
F1
F-E
F1
F1
MotoGP
F1
Galerias de Imagens
Facebook