Brasileiro de Turismo
10/12/2016 08:23

Dirani bate líder Campos no fim e puxa fila no segundo treino livre da final do Brasileiro de Turismo em Interlagos

O segundo treino livre do Brasileiro de Turismo teve muito equilíbrio e troca de liderança. Quem fechou na frente foi Dennis Dirani, que bateu por 0s053 o líder do campeonato Márcio Campos
Warm Up, de Interlagos
GABRIEL CURTY, de Interlagos
 

O segundo treino livre do Brasileiro de Turismo foi marcado pelo equilíbrio durante seus 45 minutos, com a liderança trocando de mãos uma série de vezes. Quem fechou a primeira sessão do sábado (10) na frente foi Dennis Dirani, virando em 1min46s227 já no finalzinho.

O líder do campeonato Márcio Campos ficou com o segundo lugar, apenas 0s053 atrás do piloto da W2. Seu companheiro e principal rival, Gabriel Robe, fez apenas o sexto tempo, virando 1min46s555.

Entre os dois da Motortech apareceram Marco Cozzi, Gustavo Frigotto e Pietro Rimbano, todos separados por apenas 0s026. Edson Coelho foi o sétimo, seguido por Adibe Marques, Guto Matiazzi e Gustavo Myasava. Raphael Reis, Lukas Moraes e Giulio Borlenghi fecharam a lista no TL2.
Dennis Dirani (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Confira como foi o TL2 do Brasileiro de Turismo:

O segundo treino livre do Brasileiro de Turismo em Interlagos começou pontualmente às 7h30 (em Brasília). A primeira boa volta do dia ficou com Márcio Campos, que virou em 1min47s613. Gustavo Frigotto vinha logo atrás, com Gabriel Robe, Dennis Dirani e Marco Cozzi também encontrando giros razoáveis no início.
 
A liderança trocou de mãos com um pouco mais de 30 minutos para o fim da sessão, com Dirani baixando bem o tempo e chegando na casa de 1min47s2. No mesmo décimo, Cozzi veio na sequência para assumir a dianteira. O top-10 ainda tinha Campos, Frigotto, Robe, Adibe Marques, Lukas Moraes, Edson Coelho, Pietro Rimbano e Raphael Reis.

Repetindo o que fez na sexta-feira, Rimbano foi o primeiro a descer de 1min47s, mas ficou bem pouquinho na ponta, já que Dirani encontrou a melhor volta do final de semana: 1min46s884. 
Márcio Campos (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Depois de uma rápida pausa causada por uma bandeira vermelha, os pilotos voltaram a acelerar e os tempos caíram ainda mais. Campos foi para a liderança com 1min46s7, mas logo saiu de lá com um excelente giro de Rimbano em 1min46s638.

Campos reassumiu a dianteira, mas o TL2 já via um duelo entre ele e Rimbano: 1min46s418 para o gaúcho da Motortech e 1min46s456 para o paulista da Cimed.

Com apenas um terço do tempo restando, seis pilotos já baixavam da casa de 1min47s: Campos, Rimbano, Robe, Frigotto, Dirani e Adibe.

Frigotto, então, resolveu se meter na briga dos postulantes ao caneco e virou uma excelente marca: 1min46s406, apenas 0s012 mais rápido que o líder do campeonato Campos. Rimbano também melhorou e ficou 0s004 atrás do gaúcho.

A liderança trocou de mão duas vezes consecutivas, com Cozzi virando 1min46s396 e Campos voando em 1min46s280. Coelho também baixava de 1min47s, em sexto.

No apagar das luzes, Dennis voltou a aparecer bem e abocanhou a primeira marca, virando 1min46s227 e acabando provisoriamente com a festa de Campos.

Últimas Notícias
quarta-feira, 18 de janeiro de 2017
F1
MotoGP
F1
F1
F1
MotoGP
F1
F-E
MotoGP
World Series
GP2
F1
F1
F1
terça-feira, 17 de janeiro de 2017
Indy
Galerias de Imagens
Facebook