Brasileiro de Turismo
31/10/2016 11:33

Vencedor no Velopark, Moraes alega problemas financeiros e encerra participação em 2016 no BR de Turismo

Restando ainda as etapas de Curvelo e de Interlagos para o fim da temporada 2016 do Brasileiro de Turismo, o jovem Lukas Moraes, que disputa a categoria desde o ano passado pela RR Racing, encerrou sua participação precocemente neste ano em razão de problemas financeiros. O paulista ocupa o sexto lugar no campeonato, ainda com chances matemáticas de título
Warm Up
Redação GP, de Sumaré

O grid do Campeonato Brasileiro de Turismo sofreu uma importante baixa nesta reta final da temporada 2016. Lukas Moraes, paulista de 20 anos, alegou problemas financeiros e não vai disputar as duas etapas que restam para o desfecho do campeonato, em Curvelo, no dia 20 de novembro, e também em Interlagos, na corrida que vai distribuir pontos em dobro, em 11 de dezembro. Piloto da RR Racing, equipe chefiada por Rogério Raucci, Moraes faturou a vitória na corrida 2 da etapa do Velopark, conquistou dois quarto lugares, também no Velopark e em Goiânia, e voltou ao pódio na segunda prova da rodada dupla de Interlagos.
 
Moraes, um dos poucos pilotos a superar Pedro Piquet em 2014 na F3 Brasil com uma vitória debaixo de muita chuva em Interlagos, estava no Brasileiro de Turismo desde o ano passado e, após um ano de adaptação, conseguiu garantir bons resultados em 2016, chegando até a se colocar como um dos postulantes ao título. No momento, Lukas soma 107 pontos, ocupa o sexto lugar e, com três corridas para o fim do campeonato, ainda tem chances matemáticas de título.
Lukas Moraes encerrou de forma prematura sua participação na temporada 2016 do Brasileiro de Turismo (Foto: Fernando Silva/Grande Prêmio)
“Infelizmente, por razões financeiras, não poderei estar competindo nas duas últimas etapas do Brasileiro de Turismo, que serão realizadas em Curvelo e São Paulo. Tive um ano muito forte no Brasileiro de Turismo e cheguei a ficar no top-3 da categoria quando o carro esteve no seu melhor momento”, comentou Lukas.
 
“Ganhamos no Velopark e andamos forte em todas as corridas em que o carro esteve sem problema. Porém, passadas algumas etapas, passamos a sofrer bastante com problemas que nos fizeram sair de terceiro para sexto na tabela de classificação”, disse o piloto por meio das suas redes sociais.
 

“Em Interlagos sequer fizemos sessões de treino livre com problemas no carro, e no treino classificatório ele também apresentou problemas. Mesmo assim, largamos em P8 e iríamos terminar aquela corrida se não fosse um acidente. Os mecânicos trabalharam duramente e me entregaram um ótimo carro para a corrida do domingo, quando saí de último e terminei em terceiro. Se não fosse um safety-car, iríamos brigar pela vitória. Coisas de corrida”, lamentou.
 
“É ruim ter de sair de um campeonato faltando duas etapas e ainda tendo chances matemáticas de buscar o título, mas infelizmente no momento estou sem apoio financeiro para continuar a temporada”, complementou o piloto, que agora busca espaço e patrocínio para voltar ao grid na temporada 2017.
 

Últimas Notícias
terça-feira, 23 de maio de 2017
F1
F1
F1
MotoGP
F1
Indy
Indy
F1
F1
F2
Superbike
F1
Superbike
F1
F-E
Galerias de Imagens
Facebook