DTM
16/10/2016 12:28

Mortara vence última corrida da temporada em Hockenheim, mas Wittmann chega ao bicampeonato do DTM

Edoardo Mortara tentou, e muito, ficar com o título da temporada 2016 do DTM. Mesmo fazendo apresentação de gala na corrida 2 deste domingo (16) e vencendo de forma brilhante em Hockenheim, foi Marco Wittmann quem sagrou-se campeão neste ano, após cruzar a linha de chegada na quarta colocação
Warm Up
NATHÁLIA DE VIVO, de São Paulo
Edoardo Mortara fez tudo o que estava em seu alcance para conquistar o título da temporada 2016 do DTM. Neste domingo (16), o piloto evitou as confusões da largada, manteve bom ritmo durante toda a prova e cruzou a linha de chegada na primeira colocação em Hockenheim.
 
No entanto, com a quarta colocação de Marco Wittmann, o campeonato ficou nas mãos do alemão e da BMW. Quem ficou com a segunda colocação foi Christian Vietoris, e Paul di Resta completou o pódio da segunda prova do final de semana.
Mortara teve grande vitória em Hockenheim (Foto: Reprodução/Twitter)

Assim que a largada foi liberada em Hockenheim, António Félix da Costa conseguiu sustentar sua primeira colocação, com Gary Paffett na segunda colocação e Wittmann no terceiro posto do pelotão.
 
Na quarta volta, no entanto, Paffett acabou tocando o português, que rodou na pista, parou na área de escape do traçado e caiu para o fundo do pelotão. Como consequência do incidente, o competidor do carro #2 acabou sofrendo uma punição de drive-through.
 
Wittmann foi quem se beneficiou pulando para a ponta, e foi quando uma emocionante briga pela liderança entre ele e Mortara. O competidor do carro #11 aparecia na liderança da corrida quando começou a receber ataques do piloto do #48.
 
Então, em grande movimento, o titular da Audi conseguiu superar o piloto da BMW assumindo então a liderança da prova, mas ainda não tendo resultado necessário para conquistar o título da temporada.
 
Com dez voltas completadas, Mortara seguia líder, perseguido por Wittmann. Tom Blomqvist era o terceiro, com Christian Vietoris na quarta posição e Maxime Martin fechando o top-5. Augusto Farfus aparecia em décimo.
 
Após a agitação inicial, as posições começaram a se manter pelo pelotão , sem grandes mudanças vistas pelos próximos giros.
Farfus, que começava a escalar aos poucos as posição e aparecia na nona colocação, acabou sofrendo um pequeno revés em sua prova. Na 16ª volta, acabaram tocando no brasileiro, que rodou que caiu para 15º. 
 
Com exceção da Audi na primeira colocação, a BMW vinha fazendo prova exemplar em Hockenheim. Das sete colocações da ponta da tabela, a montadora alemã ocupava do segundo ao sétimo posto.
 
Na 23ª volta, com menos de 25 minutos para as bandeiras quadriculadas tremularem no circuito, quase todos os pilotos já tinham passado nos boxes quando os dois postulantes ao título fizeram suas paradas um giro mais tarde.
 
No entanto, enquanto Mortara teve ótimo desempenho e voltou para a pista na ponta da prova, Wittmann não teve a mesma sorte. O piloto voltou apenas na sétima colocação, vendo, então, o adversário ser o campeão até o momento.
Wittmann chegou em quarto e conquistou título de 2016 (Foto: DTM)
Quem não vinha fazendo disputa muito positiva era o português Da Costa. Após o toque na largada e ter perdido muitas posições com o incidente, o piloto, quando saia dos boxes, acabou perdendo uma de suas rodas, que saiu voando para o meio da pista.
 
Com a parada de Mike Rockenfeller e Nico Müller, Wittmann pulou para quinto e estava agora com o titulo provisório de 2016.
 
Quando os cronômetros marcavam menos de dez minutos para encerrar a prova, era Mortara o líder da disputa, com Vietoris na segunda colocação, Paul Di Resta em terceiro, Wittmann em quarto e Timo Glock em quinto.
 
Dali para o final nada mais mudou. Apesar da primeira colocação de gala de Mortara, o quarto posto de Wittmann foi suficiente para conquistar o caneco da temporada 2016. Vietoris foi o segundo, com Di Resta em terceiro e Timo Glock completando o top-5.

DTM, Hockenheim, Corrida 2, Classificação final:

1 EDOARDO MORTARA ITA AUDI ABT 1:02:52.131 39 voltas
2 CHRISTIAN VIETORIS ALE MERCEDES MÜCKE +3.040  
3 PAUL DI RESTA ESC MERCEDES HWA +4.294  
4 MARCO WITTMANN ALE BMW RMG +5.030  
5 TIMO GLOCK ALE BMW MTEK +6.103  
6 MAXIME MARTIN BEL BMW RBM +8.947  
7 TOM BLOMQVIST ING BMW RBM +13.857  
8 JAMIE GREEN ING AUDI ROSBERG +15.054  
9 ROBERT WICKENS CAN MERCEDES HWA +16.012  
10 MARTIN TOMCZYK ALE BMW SCHNITZER +21.313  
11 MIKE ROCKENFELLER ALE AUDI PHOENIX +21.503  
12 BRUNO SPENGLER CAN BMW MTEK +22.230  
13 NICO MÜLLER SUI AUDI ABT +24.962  
14 MIGUEL MOLINA ESP AUDI ABT +25.979  
15 GARY PAFFETT ING MERCEDES ART +27.937  
16 LUCAS AUER AUT MERCEDES ART +29.298  
17 RENÉ RAST ALE AUDI ROSBERG +36.530  
18 TIMO SCHEIDER ALE AUDI PHOENIX +39.112  
19 MAXIMILIAN GÖTZ ALE MERCEDES HWA +55.972  
20 DANIEL JUNCADELLA ESP MERCEDES HWA +6 voltas NC
21 FELIX ROSENQVIST SUE MERCEDES ART +7 voltas NC
22 AUGUSTO FARFUS BRA BMW MTEK +10 voltas NC
23 ANTÓNIO FÉLIX DA COSTA POR BMW SCHNITZER +18 voltas NC
24 ADRIEN TAMBAY FRA AUDI ROSBERG +24 voltas NC
 

Últimas Notícias
sexta-feira, 20 de janeiro de 2017
MotoGP
F1
MotoGP
MotoGP
Rali
quinta-feira, 19 de janeiro de 2017
Rali
Rali
F-E
Outras
MotoGP
MotoGP
F1
Indy
MotoGP
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook