DTM
09/11/2015 07:00

Na Garagem: Rossi testa Mercedes do DTM em Hockenheim após vice

Em 2006, pouco depois de perder o título da MotoGP para Nicky Hayden, Valentino Rossi foi se aventurar nas quatro rodas — mas não na F1, como fez muitas vezes com a Ferrari, e, sim, no DTM com a Mercedes
Warm Up
RENAN DO COUTO, de São Paulo
As histórias dos testes de Valentino Rossi com a Ferrari são bem conhecidas. Foram várias oportunidades em 2006, quando o italiano estava considerando seriamente trocar a motovelocidade pelas quatro rodas e se aventurar no Mundial de F1. Mesmo após descartar a possibilidade, ele chegou a testar novamente em 2008 e em 2010.
 
História menos difundida foi a de que ele, em 2006, também testou o carro do DTM da Mercedes. Foi em 9 de novembro daquele ano, dez dias depois da derrota para Nicky Hayden na decisão da MotoGP em Valência.
Valentino Rossi fez um teste com a Mercedes no DTM em 2006 (Foto: Mercedes)
Rossi guiou o carro de Bernd Schneider no circuito de Hockenheim. Os tempos de volta não foram divulgados, mas, à época, o jornal ‘La Gazzetta dello Sport’ reportou que ficaram menos de 1s acima da marca de Jamie Green, a melhor da marca de três pontas no circuito até então.
 
Imediatamente, contudo, Rossi negou a intenção de correr no DTM. Era só diversão.
 
“Foi ótimo, eu realmente curti o carro. O mais legal é o acelerador, sem controle de tração. O motor é potente e o carro é muito rápido. A sensação é mais próxima de um carro de rua do que de um F1”, descreveu após a experiência. “No começo, eu cometi dois erros, mas depois comecei a virar boas voltas, sem cometer mais erros.”
 
“Eu tomei a decisão de seguir nas motos, e vou mantê-la. A Ferrari me fez uma proposta muito boa, mas eu quero me concentrar na próxima temporada e reconquistar o título da MotoGP. Depois que eu me aposentar, nunca se sabe. Talvez eu tenha vontade de fazer uma corrida do DTM e a Mercedes me dê a chance. Tenho certeza que seria divertido”, completou.
Valentino Rossi fez um teste com a Mercedes no DTM em 2006 (Foto: Mercedes)
Nove anos já se passaram, e Rossi continua firme e forte na MotoGP. E realmente reconquistou o título do Mundial de Motovelocidade, não já em 2007, mas em 2008 e em 2009. Fora da MotoGP, arriscou-se ainda em um teste na Nascar, em abril de 2013, e em algumas provas menores de rali.

Últimas Notícias
quarta-feira, 22 de março de 2017
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
MotoGP
Indy
Rali
F1
F1
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook