DTM
18/10/2015 11:23

Paffett quebra 'seca' de mais de três anos e anota em Hockenheim última pole de 2015 do DTM. Farfus é décimo

Desde Norisring, junho de 2012, Gary Paffett não conseguia cravar uma pole-position no DTM. Hoje, no treino de classificação final da temporada, o campeão de 2005 tirou uma volta da cartola quando não parecia ser candidato em Hockenheim
Warm Up
Redação GP, do Rio de Janeiro
Gary Paffett aproveitou o crepúsculo da temporada 2015 para fazer neste domingo (18) em Hockenheim sua primeira pole-position no DTM em mais de três anos - desde Norisring em junho de 2012. É, para o campeão de 2005, a chance de encerrar a temporada esquecível com ao menos uma grande memória.
 
Quem acompanhava o treino classificatório a um minuto do fim não acreditaria nisso, mas Paffett foi de 23º para pole com apenas uma volta na tentativa final. 
Fila indiana no DTM (Foto: DTM)
Ao seu lado na primeira fila, larga Jamie Green, que também chegou na segundo colocação na corrida 1. A diferença entre os dois foi de míseros 0s038.
 
Mattias Ekström, a quem agora restou assegurar o vice-campeonato, sai na terceira colocação. Na sequência, Miguel Molina, Maxime Martin, Adrien Tambay, Nico Müller, Timo Scheider, Maximilian Götz e Augusto Farfus completaram o top-10.
 
Os outro postulantes reais pelo vice-campeonato - além dos agora favoritos Ekström (129 pontos) e Green (125) -, Edoardo Mortara (128), Bruno Spengler (119) e Marco Wittmann (112), largam na 13ª, 15ª e 16ª posições.
 
No dia do seu aniversário de 21 anos e apenas algumas horas após se tornar o campeão mais jovem da história do DTM, Pascal Wehrlein fez a pior classificação da temporada e vai sair no 17º lugar.

Últimas Notícias
sábado, 21 de outubro de 2017
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Brasileiro de Marcas
Stock Car
F1
Stock Car
F1
F1
F1
Stock Car
Galerias de Imagens
Facebook