Endurance
07/12/2017 07:48

Após título no WEC, Senna se junta a Alonso e corre 24 Horas de Daytona pela United Autosports em 2018

Bruno Senna vai se juntar a Fernando Alonso e Paul di Resta para a disputa das 24 Horas de Daytona. O brasileiro, campeão do Mundial de Endurance neste ano na classe LMP2, foi chamado pela equipe United Autosports
Warm Up
Redação GP, de Curitiba

Bruno Senna também vai correr as 24 Horas de Daytona em 2018. O brasileiro é o último grande nome do automobilismo a ser chamado pela equipe United Autosports para fazer parte da famosa prova na Flórida. O sobrinho de Ayrton Senna vai ainda integrar um line-up que conta com Fernando Alonso e Paul di Resta. 
 
O piloto de 34 anos, que conquistou o título do Mundial de Endurance nesta temporada na classe LMP2 com a equipe Rebellion, vai dividir na corrida do fim de janeiro o Ligier-Gibson JSP217 com o estreante Di Resta, além dos pilotos regulares Will Owen e Hugo de Sadeleer. A prova acontece entre os dias 27 e 28 do próximo mês. Bicampeão da F1, Alonso vai correr no outro carro do time ao lado do jovem Lando Norris e Phil Hanson.
Bruno Senna (Foto: Shivraj Gohil/MF2)

"Estou muito entusiasmado em me juntar a United Autosports neste desafio em Daytona", afirmou Bruno. "É uma equipe incrivelmente bem-sucedida e com experiência, possui um grande talento técnico, bem como uma lista de pilotos muito forte", completou.
 
Chefe da equipe, Richard Dean também falou sobre a chegada do brasileiro. "Bruno será um enorme valor agregado para a equipe, porque ele possui experiência em Daytona e com o carro. Acho que temos agora em nossos carros um ótimo equilíbrio de velocidade, habilidade e experiência", explicou o dirigente.
 
Os testes para a disputa da icônica prova do endurance vão começar no traçado norte-americano entre 5 e 7 de janeiro, abrindo os trabalhos visando a corrida no fim do mês. A United Autosports também é comandada pelo chefe e diretor-executivo da McLaren, Zak Brown. Além do espanhol, Lance Stroll será o segundo nome da F1 no grid em Daytona

Ainda, Felipe Nasr, que não encontrou vaga para disputar o Mundial em 2017, vai correr pela Action Express, uma das mais tradicionais escuderias do SportsCar, categoria da qual faz parte a prova em Daytona, na próxima temporada.
FALTA DE HONESTIDADE

PERDA DE ETAPA DA FÓRMULA E É DESASTROSA PARA SÃO PAULO


Últimas Notícias
quinta-feira, 7 de dezembro de 2017
F1
F1
Endurance
F1
MotoGP
quarta-feira, 6 de dezembro de 2017
F1
F1
F1
F-E
Stock Car
F1
Stock Car
Outras
F-E
Outras
Galerias de Imagens
Facebook