Endurance
02/10/2016 14:48

Atuais bicampeões, Fittipaldi/Barbosa termina campeonato do IMSA SportsCar Championship na segunda posição

Neste final de semana aconteceu a etapa em Road America da IMSA SportsCar Championship. Após a dupla Fittipaldi/Barbosa terminar a prova na quinta colocação, conquistou o vice-campeonato da categoria geral e ficou com o título no Campeonato Norte-americano de Endurance
Warm Up
Redação GP, de São Paulo
O circuito de Road America foi palco de uma emocionante disputa da IMSA SportsCar Championship e do Campeonato Norte-americano de Endurance. Após dez horas de uma disputada prova, a equipe Action Express conquistou o tricampeonato das categorias.
 
No entanto, a temporada 2016, diferente dos dois últimos anos, cada um dos títulos ficou com uma dupla do time. Os norte-americanos Dane Cameron e Eric Curran, ao lado de Simon Pagenaud, terminaram a prova na quarta colocação e conquistaram o título no geral.
 
Já a dupla do carro #5, Christian Fittipaldi e João Barbosa, garantiram pelo terceiro ano consecutivo o caneco do Campeonato Norte-americano de Endurance. Eles ficaram apenas dois pontos à frente de Pipo Derani, Scott Sharp e Johannes van Overbeek, a dupla vice-campeã.
O Corvette #5 de Christian Fittipaldi e João Barbosa (Foto: IMSA)

No sábado, o trio Fittipaldi, Filipe Albuquerque e Barbosa receberam a bandeira quadriculada apenas no quinto posto, resultado que não os faria brigar pelo título da categoria geral. Com quatro horas para o fim, foram vítimas de um pneu esquerdo traseiro furado. A parada nos boxes fez o trio perder duas voltas.
 
Fittipaldi então lamentou o problema, mas comemorou o fato de ter conseguido sagrar-se campeão em ao menos uma das categorias. "Óbvio que eu queria conquistar os dois títulos, mas se o nosso #5 não pode ganhar, eu sou o primeiro a torcer pelo # 31 e deixar tudo dentro da nossa equipe”, afirmou.
 
“Os últimos três anos foram fora do comum para a Action Express Racing. Ganhamos todos os campeonatos, então não poderia ter sido melhor", completou o piloto.
 
A partir da próxima temporada a categoria terá apenas carros LMP2, e o competidor brasileiro mostrou empolgação com a novidade que está por vir. “No ano que vem, teremos carros novos na categoria e estamos bem animados. Um fato interessante é que eu corri a primeira corrida dos Daytona Prototype, em 2003, e agora a última, em 2016".
 
"De uma maneira geral, estou terminando a temporada contente, de cabeça erguida e agora é trabalhar bastante na pré-temporada. Vamos virar a página e começar com o pé direito na corrida mais importante do ano, as 24 Horas de Daytona, no final de janeiro de 2017", encerrou.
PADDOCK GP #48 RECEBE DENNIS DIRANI E DISCUTE MOTOGP, STOCK CAR E F1


Últimas Notícias
terça-feira, 25 de abril de 2017
Nascar
MotoGP
F1
F1
MotoGP
F1
F1
Warm Up
Indy
F1
segunda-feira, 24 de abril de 2017
Nascar
Indy
Nascar
Indy
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook