Endurance
03/10/2016 18:38

Derani chega em segundo nas 10 Horas de Petit Le Mans no encerramento da temporada 2016 do IMSA

Vencedor das 24 Horas de Daytona e das 12 Horas de Sebring neste ano, Pipo Derani encerrou bem a temporada 2016 do IMSA conquistando o segundo lugar nas 10 Horas de Petit Le Mans ao lado de Scott Sharp e Johannes van Overbeek
Warm Up
Redação GP, de São Paulo
Pipo Derani fechou em alta a temporada 2016 do IMSA. Neste fim de semana, o brasileiro chegou na segunda colocação as 10 Horas de Petit Le Mans no circuito de Road Atlanta. Ao lado dos companheiros Scott Sharp e Johannes van Overbeek, o piloto fechou a temporada com três pódios em quatro provas disputadas no IMSA este ano, incluindo as vitórias nas 24 Horas de Daytona e 12 Horas de Sebring.
 
O trio enfrentou algumas dificuldades no acerto do carro durante os treinos livres e partiu da sétima colocação no grid. A equipe conseguiu se recuperar durante a prova com uma boa estratégia nos boxes e Derani chegou a lutar pela segunda posição, ainda na primeira metade da prova, mas o contato com outro carro fez o brasileiro perder posições e cair para sétimo.
 
"Foi uma corrida muito difícil. Nunca estivemos entre os top-5 na corrida toda. Conseguir chegar em segundo é uma grande conquista. Começamos o final de semana atrás dos demais. Tivemos alguns problemas nos primeiros treinos livres e conseguir uma dobradinha para a Ligier é o melhor que poderia acontecer", disse.
 
Faltando seis horas, a equipe conquistou mais duas posições e, com o anoitecer, a sorte começou a virar a favor do trio da Tequila Patrón ESM. Derani voltou a assumir o cockpit quando faltavam duas horas e meia para o final, na quinta posição. Faltando 50 minutos para o encerramento da prova, o brasileiro subiu para terceiro e, na sequência, assumiu a segunda posição.
Pipo Derani comemora o segundo lugar ao lado dos companheiros (Foto: Tequila Patrón ESM)
A prova ainda teve uma bandeira amarela nos 20 minutos finais, permitindo que Derani lutasse pela vitória. Mas, com alguns carros de GTD entre o brasileiro e o líder, não foi possível superar o tráfego e batalhar pelo primeiro lugar.
 
"Claro que eu queria vencer. Estávamos próximos na relargada. Eu tinha alguns GTs entre mim e o Oli e ele conseguiu abrir vantagem. Mas foi ótimo. Lutamos bastante pelo título do Tequila Patrón North-American Endurance Cup e é ótimo terminar a temporada aqui em Petit Le Mans, numa grande pista e com esta grande equipe", continuou Derani, que ficou com o vice-campeonato da competição, que inclui as quatro provas de longa duração do IMSA (24 Horas de Daytona, 12 Horas de Sebring, 6 Horas de Watkins Glen e 10 Horas de Petit Le Mans). Eles ficaram apenas dois pontos atrás dos campeões Christian Fittipaldi e João Barbosa.
 
"Eu não era conhecido antes de estar com a Patrón e eles me deram uma grande chance de ser alguém. Viemos aqui e conseguimos grandes vitórias juntos. Cada corrida que fazemos juntos, estamos mais e mais próximos. Não posso esperar para continuar o trabalho com a equipe", completou.
 
Derani volta a competir no próximo dia 16, na disputa das 6 Horas de Fuji, no Japão, pela sétima etapa da temporada do WEC.
 
PADDOCK GP #48 RECEBE DENNIS DIRANI E DISCUTE MOTOGP, STOCK CAR E F1



Últimas Notícias
sexta-feira, 18 de agosto de 2017
F1
quinta-feira, 17 de agosto de 2017
F1
Nascar
MotoGP
Copa Grande Prêmio
F1
F1
Stock Car
F1
F1
F1
F1
F-E
F1
quarta-feira, 16 de agosto de 2017
F1
Galerias de Imagens
Facebook