Endurance
20/11/2016 12:06

Di Grassi vibra com “vitória mais importante no WEC” na despedida da Audi e ressalta: “É um ano para se orgulhar”

Lucas Di Grassi conquistou uma vitória histórica e emocionante no último sábado (19). Em meio às lágrimas de muitos dos membros da Audi nos boxes do circuito de Sakhir, o brasileiro faturou, ao lado de Oliver Jarvis e Loïc Duval, o triunfo nas 6 Horas do Bahrein. Diante de um misto de emoções, alegria pela vitória e tristeza pela saída da marca do Mundial de Endurance, Di Grassi fecha 2016 com muitos motivos para comemorar
Warm Up
Redação GP, de Curvelo
 
Emoção talvez seja a palavra que melhor traduz o significado da vitória de Lucas Di Grassi nas 6 Horas do Bahrein, a última etapa da temporada 2016 do WEC. O triunfo foi carregado de sentimento por ter sido a última corrida da Audi no Endurance, encerrando um ciclo de muitas glórias, com nada menos que 13 conquistas 24 Horas de Le Mans. A história de Di Grassi com a marca de Ingolstadt começou em 2012 com a disputa das 6 Horas de São Paulo, mas não se encerra com o triunfo no Bahrein, tendo sequência na F-E, campeonato dos carros elétricos do qual Lucas é o atual vice-campeão.
 
Di Grassi alcançou a vitória derradeira da Audi no Endurance ao lado do britânico Oliver Jarvis e do francês Loïc Duval de forma dominante. Um triunfo histórico para o trio do R18 #8 e que, para o brasileiro, coroa um ano vencedor. No Mundial de Endurance, o trio formado por Di Grassi, Jarvis e Duval venceu duas provas e faturou três poles. Na F-E, Lucas ficou perto de conquistar a taça de campeão e atualmente ocupa a segunda colocação da temporada, que volta à ativa em fevereiro com o eP de Buenos Aires.
 
“Uma vitória carregada de significados e emoções”, descreveu o paulista. “Foi a minha vitória mais importante no WEC e também a minha melhor performance na categoria nestes três anos. Pole, recorde da pista na classificação e na corrida, melhor stint da prova, melhor tempo em todos os setores. Então, sem dúvida, esse desempenho mostrou o quanto eu estava motivado para levar a bandeira do Brasil e da Audi para o lugar mais alto do pódio”, festejou Lucas.
Lucas Di Grassi falou com orgulho sobre suas conquistas em 2016 (Foto: FIA WEC)
O brasileiro destacou também o crescimento enquanto piloto desde quando passou a disputar com maior frequência o Mundial de Endurance e salientou que vai sentir falta das clássicas corridas de longa duração.
 
“Mostramos que evoluímos como trio de pilotos, tendo vencido duas vezes na temporada, e isso é ótimo. Naturalmente, estou triste que a Audi e a maioria de nós está deixando o WEC, que é uma grande família. Vou sentir falta das corridas longas e das pessoas também. Eu não estava familiarizado com o endurance quando pilotei com a Audi pela primeira vez em 2012, e me apaixonei por isso. Vou sentir muita falta destes carros e da adrenalina deste tipo de disputa”, lamentou.
 
O trio #8 a Audi acabou terminando a temporada 2016 do WEC em segundo, só atrás da nova formação campeã do mundo: Romain Dumas, Marc Lieb e Neel Jani, que conquistaram o título com a Porsche. Di Grassi destacou o trabalho dos seus companheiros de equipe e também a colocação no campeonato, com o brasileiro confirmando dois vices em 2016.
Di Grassi ajudou a Audi a conquistar uma vitória histórica nas 6 Horas do Bahrein (Foto: Audi Sport)
“Eles merecem, e a vitória foi uma consequência disso. O segundo lugar no campeonato acabou como uma recompensa; não é todo ano que a gente pode dizer que terminou dois campeonatos mundiais entre os três melhores, e com dois vice-campeonatos”, disse o piloto, muito satisfeito com seu trabalho neste ano prestes a se encerrar.
 
“É, sem dúvida, um ano para se orgulhar, agradecer e fechar esta história tão importante da Audi no endurance com chave de ouro, e fazer parte dela proporcionando a vitória derradeira. É uma mistura de sentimentos: estou muito feliz, muito satisfeito, mas ao mesmo tempo muito triste por fechar este ciclo no WEC com a Audi. Vou sentir falta de acelerar esta fera”, finalizou.
 

Últimas Notícias
sábado, 25 de fevereiro de 2017
F1
F1
F1
F1
F1
F1
MotoGP
F1
Nascar
F1
F1
Superbike
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook