Endurance
19/12/2016 06:22

Em prova marcada por incêndio em carro nos boxes, protótipo MCR vence 36ª edição das 12 Horas de Tarumã

O protótipo MCR Lamborghini #18 da Mottin Racing, guiado por Fernando Poeta, Anderson Toso, Pedro Queirolo, Marcelo Sant’Anna, Henrique Assunção e Fernando Fortes chegou à vitória na 36ª edição das 12 Horas de Tarumã, uma das mais tradicionais provas do endurance brasileiro. Entre tantos acontecimentos, a prova também foi marcada por um incêndio com outra Lamborghini nos boxes
Warm Up
Redação GP, de Sumaré
 
A 36ª edição das 12 Horas de Tarumã, encerrada no último domingo (18), teve a vitória do protótipo MCR Lamborghini #18 da Mottin Racing. Ao longo da prova, o bólido foi guiado por Fernando Poeta, Anderson Toso, Pedro Queirolo, Marcelo Sant’Anna, Henrique Assunção e Fernando Fortes, que conquistaram o triunfo naquela que é uma das principais provas do endurance nacional. A jornada do MCR #18 foi perfeita, sem maiores problemas do início ao fim da corrida para vencer com folga a prova.
 
Por outro lado, outro Lamborghini da Mottin Racing, o #31, enfrentou problemas durante o reabastecimento nos boxes em Tarumã e pegou fogo, causando um grande susto a todos que acompanhavam a disputa naquele momento, quando a corrida estava na sua sétima hora, ainda no período noturno. Mas a equipe ainda conseguiu realizar os reparos e colocou novamente o bólido na pista, fazendo-o terminar em quinto colocado na classificação geral.
Festa da Mottin Racing no pódio da 36ª edição das 12 Horas de Tarumã (Foto: Mottin Racing/Facebook)
A grande batalha na pista ficou por conta do duelo entre o MCR #18 contra o Tornado de Cali Crestani e Francisco Stédile, a grande surpresa do dia. Com um protótipo da classe P2 empurrado por um motor Suzuki Hayabusa de moto, o carro conseguiu encarar de igual para igual o MCR Lamborghini e liderava a prova, mas enfrentou um problema na junta homocinética, que queimou no começo da 11ª hora. 
 
Os mecânicos conseguiram realizar o reparo e colocaram o bólido de volta à pista. No fim das contas, o Tornado de Crestani e Stédile chegou em terceiro lugar, mas com muito heroísmo.
 
O MCR #18 venceu com 547 voltas completadas nas 12 Horas de Tarumã, quatro à frente do conjunto que cruzou a linha de chegada em segundo, o MC Tubarão VIII de Rodrigo Bacher, Marcelo Vianna, Júlio Martini e Franco Pasquale, que venceram na classe P3. 
 
Jorge e Rui Machado, com um BMW M3, triunfaram na classe GT e cruzaram a linha de chegada em nono lugar no geral. Na classe Turismo, Daniel Elias e Carlos Belleza venceram com um Volkswagen Gol da Paline Racing.
 


Últimas Notícias
domingo, 17 de dezembro de 2017
Indy
F1
F1
MotoGP
Kart
Kart
Kart
Kart
Kart
sábado, 16 de dezembro de 2017
Kart
Kart
Kart
Kart
Kart
Kart
Galerias de Imagens
Facebook