Endurance
07/11/2016 10:08

Estreante na F-E, López é contratado pela Toyota para formar trio na temporada 2017 do WEC, diz revista

José María López, um dos pilotos mais elogiados da atualidade, vai ter um segundo emprego em 2017. Além de pilotar pela Virgin na F-E, o argentino vai pilotar o Toyota LMP1 no Mundial de Endurance, de acordo com a ‘Autosport’
Warm Up
Redação GP, de Porto Alegre
José María López recém foi contratado pela Virgin na F-E, e já tratou de arranjar um segundo emprego. De acordo com a revista ‘Autosport’, a Toyota escolheu o prestigiado argentino como um de seus pilotos na temporada 2017 do Mundial de Endurance.
 
Ainda não é certo quem perde vaga em prol de López – a Toyota deve manter dois carros e seis pilotos no WEC –, mas o veteraníssimo Stéphane Sarrazin é apontado como o mais próximo da demissão. Aos 41 anos, o francês divide o carro com Mike Conway e Kamui Kobayashi. Mas, de acordo com a ‘Autosport’, o anúncio formal só deve vir em janeiro.
Pechito López, desejado por todos (Foto: F-E)
López tem um currículo invejável. Depois de falhar na missão de alcançar a F1, o argentino focou no Mundial de Turismo, o WTCC. Correndo de Citroën, três títulos incontestáveis. Foi o suficiente para receber a oferta tentadora de voltar aos monopostos – na F-E, foi contratado pela Virgin. Apesar dos vários rumos da carreira, José María ainda não havia se aventurado no endurance.
 
O anúncio iminente traz uma conflito de datas para López: tanto o WEC quanto a F-E tem corridas marcadas para 16 de julho – as 6 Horas de Nürburgring e o eP de Nova York. O argentino vai precisar escolher uma das duas – Sébastien Buemi, por exemplo, já escolheu o endurance.
Últimas Notícias
terça-feira, 21 de fevereiro de 2017
Warm Up
F-E
segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017
Motociclismo
Outras
MotoGP
Superbike
Stock Car
Outras
MotoGP
F1
MotoGP
F1
MotoGP
F1
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook