Endurance
05/11/2016 07:56

Hartley/Webber se recupera de tempo cancelado e coloca Porsche #1 na frente em Xangai. Manor é pole na LMP2

Brendon Hartley passou por apuros, mas conseguiu se recuperar com uma segunda passagem no Porsche #1 e, junto de Mark Webber, colocou o trio campeão mundial - que também tem Timo Bernhard na pole em Xangai. A Manor, com Alex Lynn e Matt Rao, faturou sua primeira pole na classe LMP2
Warm Up
Redação GP, do Rio de Janeiro

O começo de temporada lento fez com que o trio #1 ficasse com chances mínimas de título mundial, mas no pós-Le Mans o Porsche de Mark Webber, Brendon Hartley e Timo Bernhard tem sido imparável. Na madrugada deste sábado (5), em Xangai, o trio conseguiu cravar a pole-position da etapa de Xangai, penúltima do ano.
 
E houve até um drama pela o trio, que teve Hartley e Webber na pista. Isso porque Brendon tinha a pole provisória ao anotar 1min44s747, as teve seu tempo apagado por conta de uma violação nos limites da pista. Webber, então, assumiu e foi um tanto mais veloz - 1min44s618 -, mas Hartley ainda teve uma chance final de pegar o #1 e cravar 1min44s307 e uma média de 1min44s462 para os dois.
 
"Me disseram que eu tinha no máximo uma volta para usar potência total sem cometer um erro. Consegui aproveitar minha chance, e Brendon completou o trabalho quando voltou ao carro", disse Mark.
 
O trio da Porsche escapou com apenas 0s060 de vantagem para o #5 da Toyota, representado por Sébastien Buemi e Kazuki Nakajima. Já o trio #8 da Audi, o de Lucas Di Grassi, foi guiado por Oliver Jarvis e Loïc Duval e vai largar na terceira colocação.
O Porsche #1 é pole (Foto: WEC)
Assim como Hartley, Jarvis também precisou de uma segunda chance para fazer sua volta mais rápida. Acaba sendo um dia mais amargo do que pareceria - que um segundo lugar no grid indica - para Buemi, que terminou a primeira rodada de voltas com o tempo mais rápido.

Marc Lieb, do Porsche #2, o líder do Campeonato Mundial de Endurance, também teve problemas na primeira volta. Coube a Neel Jani carregar a parceria para o sexto lugar. Na frente deles, o Toyota de Mike Conway e Stéphane Sarrazin e o Audi de Benoît Tréluyer e Marcel Fässler.
Primeira pole da Manor na LMP2 (Foto: WEC)
Na classe LMP2, a Manor ficou com a primeira pole desde que chegou ao WEC, ao fim do ano passado. Alex Lynn e Matt Rao foram os responsáveis pelo feito. Lynn, que anda sendo rejeitado nas categorias de monopostos, fez o segundo tempo mais rápido do dia, atrás apenas de Bruno Senna. Como o grid se organiza por média de tempos entre dois pilotos do carro, porém, Bruno, da RGR, vai largar apenas na quinta colocação na classe.

"Foi uma pena, porque o carro estava muito bom. Infelizmente, o Ricardo González rodou na primeira volta com pneus novos e não pôde se recuperar. Mesmo com os pneus usados e dando apenas três voltas, ainda consegui ser o mais veloz", falou Senna.
 
A Ganassi dominou novamente na GTE-Pro e vai largar com as duas posições frontais. Andy Priaulx e Harry Tincknell na primeira pole da temporada, Stefan Mücke e Olivier Pla no segundo posto. Já a Aston Martin, com Pedro Lamy e Paul Dalla Lana, conquistou a pole na GTE Am.


Últimas Notícias
terça-feira, 27 de junho de 2017
F1
F1
MotoGP
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Warm Up
F1
segunda-feira, 26 de junho de 2017
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook