Endurance
02/11/2016 11:20

Negri permanece na Michael Shank e passa a correr com modelo da Acura na classe GTD em 2017 no IMSA SportsCar

Oswaldo Negri segue na Michael Shank Racing, onde corre desde 2004, mas agora vai para a classe GTD correr com o modelo NSX GT3 da Acura. Além dele, a ex-Indy e F-E Katherine Legge e os norte-americanos Jeff Segal e Andy Lally também estão no projeto na MSR
Warm Up
Redação GP, do Rio de Janeiro

Oswaldo Negri vai permanecer na equipe de Michael Shank para a temporada 2017 do IMSA SportsCar Championship, mas agora sob um novo guarda-chuva. A equipe troca de braços da Honda e deixa de utilizar os modelos Ligier para se voltar ao NSX GT3 da Acura, trocando também a classe P2 pela GTD.
 
A Acura, braço de carros de luxo da Honda, terá, além de Negri, a inglesa Katherine Legge e os norte-americanos Andy Lally e Jeff Segal. O piloto brasileiro já fez um teste com o novo carro, equipado por um motor V6 turbo de 3,5 L. Agora Negri aguarda a estreia, nas 24 Horas de Daytona, no próximo mês de janeiro.
 
"Até o ano passado a Michael Shank Racing fazia parte do programa da Honda com o protótipo Ligier JS P2. Foi muito legal porque trabalhamos forte no desenvolvimento e conseguimos vitórias importantes para a marca", disse.
Oswaldo Negri Jr. (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
"Eu acho que isso nos credenciou para que a Acura nos convidasse para o seu programa de endurance, agora com o NSX GT3. O carro é ótimo, tem um potencial de desenvolvimento maravilhoso e tenho certeza que será um ano bem produtivo", seguiu.
 
Negri está na Michael Shank Racing desde 2004 e por lá já venceu as 24 Horas de Daytona na P2 em 2012. Ele terminou a temporada 2016 com  a quarta colocação do IMSA SportsCar, vencendo duas etapas: Laguna Seca e Road Atlanta.


Últimas Notícias
domingo, 17 de dezembro de 2017
Indy
F1
F1
MotoGP
Kart
Kart
Kart
Kart
Kart
sábado, 16 de dezembro de 2017
Kart
Kart
Kart
Kart
Kart
Kart
Galerias de Imagens
Facebook