Endurance
14/11/2016 16:13

Webber se diz ansioso para última corrida da carreira no Bahrein e avisa: “Vou ficar bastante emocionado”

Mark Webber já sabe que vai se emocionar nas 6 Horas do Bahrein, corrida em que o australiano vai pendurar o capacete em definitivo. Para encerrar seu ciclo nas pistas, Webber só quer “um dia tranquilo”
Warm Up
Redação GP, de Porto Alegre

Mark Webber vai se despedir das pistas em definitivo no próximo final de semana. O australiano decidiu pendurar o capacete em definitivo após três temporadas com a Porsche no Mundial de Endurance. Às vésperar do adeus nas 6 Horas do Bahrein, Webber admite: a emoção vai ser grande.

Apesar de a prova barenita em si não significar muito para Webber – seu trio no WEC já não tem chances de título, e o circuito de Sakhir em si não é muito adorado pelos pilotos –, a expectativa é de que não seja “uma corrida normal”.

“É evidente que a etapa do Bahrein não vai ser uma corrida normal para mim, vai me deixar bastante emocionado”, admitiu Webber. “Chegar lá sabendo que vai ser a última vez que vou competir seriamente vai ser um grande momento. Estou ansioso pelo fim de semana, tenho vários amigos que vão vir do mundo inteiro. Vem gente da Austrália e da Europa para me ver correr pela última vez”, contou.
Mark Webber se despede do automobilismo como piloto ao fim de 2016 (Foto: WEC/Twitter)
Webber, ao lado de Brendon Hartley e Timo Bernhard, já conquistou quatro vitórias em 2016. Mas uma sequência de três provas ruins logo no começo do ano acabou com qualquer chance de título. Agora, vencer é o que menos importa.

“Claro que adoraria me despedir com uma vitória, mas, independente do resultado, acho que seria bom ter um dia tranquilo para encerrar uma carreira muito longa, da qual tenho muito orgulho”, seguiu.

“Já pensei muito nisso. Só vou sair do carro mais uma vez. Tirar o capacete, a balaclava, todas essas coisas pela última vez. Vai ser muito diferente, mas espero não ter que fazer isso outra vez no futuro”, completou.

O outro trio da Porsche – Neel Jani, Marc Lieb e Romain Dumas – lidera o campeonato e está muito próximo do título. Apenas um abandono parece capaz de entregar a taça para o Toyota de Mike Conway, Stéphane Sarrazin e Kamui Kobayashi.

Últimas Notícias
quinta-feira, 21 de setembro de 2017
MotoGP
Nascar
F1
MotoGP
F-E
F1
F1
MotoGP
Indy
MotoGP
F1
F1
F1
F1
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook