F-E
16/12/2016 16:40

Audi aceita sugestão de Ullrich e confirma Dieter Gass como novo chefe do esporte a motor a partir de 2017

Assim como o chefe do esporte a motor da Audi, Wolfang Ullrich, havia anunciado quando confirmou sua aposentadoria, agora a marca alemã confirmou que Dieter Gass será o substituto a partir de janeiro. Ullrich deixa o cargo após 23 anos e fica por mais um ano para trabalhar junto ao novo chefe. Depois, se aposenta
Warm Up
Redação GP, do Rio de Janeiro
 

A informação já era um tanto quanto manjada desde o anúncio da aposentadoria de Wolfang Ullrich, mas agora a Audi confirmou: Dieter Gass será o substituto de Ullrich no cargo de diretor de esporte a motor da marca de Ingolstadt a partir do próximo mês de janeiro.
 
Gass não é qualquer novato na Audi, pelo contrário. É apenas uma promoção para o homem responsável por conduzir o programa do DTM nos últimos quatro anos, conseguindo dois títulos de montadoras, em 2014 e 2016, e até um título de Pilotos, em 2013, com Mike Rockenfeller.
 
Gass tem 53 anos e já trabalhou na F1 com Toyota e Lotus antes de regressar à Audi em 2012. Desde então, vem sendo cotado e preparado para ser o substituto de Ullrich - que é o chefe do esporte a motor da Audi desde 1993.
 
"A marca deixada pelo Dr. Wolfang Ullrich é muito grande. Ele ficou por 23 anos à frente da Audi Sport e conseguiu feitos enormes durante esse longo período", disse. "Além das parcerias internacionais com equipes parceiras e incontáveis campeonatos em carros de super turismo, há 13 vitórias nas 24 Horas de Le Mans e vários títulos do DTM que se destacam como feitos que permanecerão", falou o novo chefe.
 
Gass chega para coordenar sobretudo os projetos do DTM e da F-E num momento em que a Audi ainda lida com a saída repentina do Mundial de Endurace e tem que administrar os resultados do 'Dieselgate' do Grupo Volkswagen.
Wolfang Ullrich e Dieter Gass (Foto: Reprodução)
Ullrich deixa o cargo ao final de dezembro, mas permanece na Audi por um ano antes de completar a aposentadoria. A ideia é de que passe 2017 fazendo uma transição do comando da Audi Sport ao lado de Gass. Com 66 anos de idade, crê que fez o bastante no seu quase 1/4 de século no topo do comando da montadora.
 
"Desfrutei muito dos meus 23 anos no comando da Audi Sport. Comemoramos os mais importantes êxitos, e eu tive a oportunidade de trabalhar junto a muita gente que eu sinceramente gostaria de agradecer. A mesma coisa se aplica a nossos times e parceiros. O Conselho Diretivo teve fé em nós mesmo em momentos complicados, e acredito que justificamos essa confiança várias vezes com vitórias e títulos", encerrou.
 
No segundo semestre de 2017, a Audi passará a ter uma equipe de fábrica na F-E - atualmente e desde o ano #1, a montadora é parceira técnica da ABT.

Últimas Notícias
quinta-feira, 19 de janeiro de 2017
Outras
MotoGP
MotoGP
F1
Indy
MotoGP
MotoGP
F1
F1
Rali
F1
MotoGP
F1
MotoGP
F1
Galerias de Imagens
Facebook