F-E
04/12/2017 12:15

Hamilton pede punição por acidente de 2014 na FE e Heidfeld responde com galhofa: “Acabei de pousar após três anos”

Enquanto a Fórmula E abria a quarta temporada de sua história em Hong Kong, Lewis Hamilton foi ao Instagram postar - indignado - que a categoria devia punir Nicolas Prost por ter causado um acidente com Nick Heidfeld. Acidente esse que aconteceu há mais de três anos. Claro, a escorregada do tetracampeão não passou totalmente incólume
Warm Up
Redação GP, do Rio de Janeiro

Lewis Hamilton não é um cara que vive muito conectado ao resto do automobilismo fora do Mundial de F1, isso não é novidade. Mas é natural pensar que o tetracampeão do mundo sabe ao menos por alto as coisas que acontecem em seu universo. No último domingo, durante a corrida da Fórmula E, ficou claro que não é exatamente o caso - e não deixaram passar em branco.
 
O primeiro fim de semana de dezembro marcou a abertura da temporada 2017/18 do campeonato de monopostos elétricos - a quarta da história - com uma rodada dupla em Hong Kong. E então, para participar da conversa e se mostrar antenado, Hamilton foi até o Instagram para destacar um lance específico da prova.
 
O incidente destacado foi a batida causada por Nicolas Prost para evitar que Nick Heidfeld ultrapassasse o carro da Renault e vencesse a corrida. Só há uma questão: essa manobra aconteceu no eP de Pequim disputado em 13 de setembro de 2014, mais de três anos atrás, na primeira corrida de todos os tempos da FE.
 
E Hamilton não apenas compartilhou o acidente: ele fez uma legenda revoltada. "Tentando ficar atento a outras fórmulas, estou vendo clipes da FE e esse eu tive que postar", disse. "Se a FIA não banir esse piloto, vou ficar enojado. É uma das manobras mais perigosas que eu vi na vida, esse tipo de pilotagem é inaceitável. Espero que Nick Heidfeld esteja OK. O que vocês acham?", ainda questionou.
 
O estranhamento geral foi imediato, ao ponto de a conta oficial da Fórmula E responder com uma galhofa. "Isso aconteceu três anos atrás. Acelera aí, campeão!", brincou.
O post bizarro de Lewis Hamilton (Foto: Reprodução/Instagram)
Hamilton, vendo a resposta não apenas da categoria mas de muitos fãs, deletou a postagem. Mas não evitou que Heidfeld soubesse do que aconteceu e também 'tirasse uma casquinha' do maior pole-position da F1.
 
"Oi, Lewis! Primeiro de tudo, obrigado pela preocupação", falou o alemão, agora já chegando na Europa após longa viagem de volta. "Ainda que tenha parecido uma eternidade, acabei de pousar em segurança da batida de Pequim há três anos. 
 
"Não, acabei da primeira corrida [da temporada] em Hong Kong. E eu garanto que, desde então, tive muitas corridas com Nico e ele quase sempre se manteve fora de problemas", seguiu. E encerrou com uma mensagem depois do vídeo: "Desculpa por zoar sua postagem deletada, mas era um gol aberto demais para não marcar."

Muito mais maduro que em seus primeiros anos de F1, Hamilton tem se mantido longe de problemas nas redes sociais há tempos, mas essa não é a primeira vez que 'escorrega'. De forma muito mais grave, Lewis postou informações de telemetria da McLaren por engano num post feito após o GP da Bélgica de 2012. Aquela situação acabou decretando a saída dele da equipe e ida para a Mercedes no ano seguinte.
 
A FE volta em cerca de 40 dias, 13 de janeiro, com o eP de Marrakesh.
FIM DE UMA GERAÇÃO

GIAFFONE: “BRASIL TEVE SORTE POR TER PILOTOS POR TANTO TEMPO NA F1”


Últimas Notícias
segunda-feira, 4 de dezembro de 2017
F-E
F1
F1
MotoGP
F-E
F1
F-E
F1
F1
F1
MotoGP
domingo, 3 de dezembro de 2017
MotoGP
F-E
MotoGP
Porsche GT3 Cup
Galerias de Imagens
Facebook