F-E
31/01/2017 15:35

Rosberg elogia rápido crescimento da “diferente” F-E e mostra interesse, mas descarta retorno às pistas

Nico Rosberg tem interesse em acompanhar a F-E, mas só pela TV. O alemão elogia a categoria, mas não tem interesse em voltar às pistas para competir com o carro elétrico
Warm Up
Redação GP, de Porto Alegre

Nico Rosberg abriu mão da F1 em dezembro do ano passado, poucos dias após levantar a taça de campeão mundial. A aposentadoria chocou. E é definitiva: questionado sobre um interesse na F-E, Rosberg disse não querer correr por lá – o alemão prefere acompanhar de fora o crescimento de um campeonato que considera interessante.
 
“Acho que não [sobre correr na F-E]”, disse Rosberg, falando à revista ‘Autosport’. “Tenho interesse na F-E, certamente está crescendo muito rápido. Estamos vendo o sucesso que tem. É muito novo e vai numa direção diferente. É bom acompanhar, tem um bom futuro, e certamente tenho interesse nisso”, continuou.
 
Depois da aposentadoria, Rosberg assumiu a posição de embaixador da Mercedes, marca que não esconde o interesse na F-E. Os alemães tem o plano de entrar na categoria na temporada 2018/2019.
 
Além da boa relação entre Mercedes e F-E, a volta do alemão faria sentido pela natureza do certame elétrico. Sete dos atuais 20 pilotos da categoria já competiram em pelo menos um GP de F1.
Nico Rosberg não quer correr na F-E (Foto: AFP)
A própria chefia da F-E gostaria de ter Nico no grid, mas sabe que é difícil. Alejandro Agag, chefão da categoria, prefere respeitar a decisão de se aposentar do alemão.
 
“É óbvio que eu adoraria ter o Nico na F-E, mas acho que ele já está bem decidido no momento sobre não correr mais. Se um dia ele mudar de ideia, a porta está aberta para ele”, seguiu.

Últimas Notícias
terça-feira, 23 de maio de 2017
F1
MotoGP
F1
Indy
Indy
F1
F1
F2
Superbike
F1
Superbike
F1
F-E
F1
Indy
Galerias de Imagens
Facebook