Truck
07/02/2017 19:20

F-Truck volta atrás após comunicado litigioso e envia pedido de renovação. CBA pede 15 dias para resposta

Após um comunicado litigioso da F-Truck uma semana atrás que avisava uma ruptura definitiva entre si e a CBA, agora a categoria volta atrás e afirma que enviou um pedido de renovação para a Confederação Brasileira de Automobilismo. E, embora a Truck diga que o pedido não foi respondido, a CBA diz que já avisou que dará um parecer em duas semanas
Warm Up
PEDRO HENRIQUE MARUM, do Rio de Janeiro
VICTOR MARTINS, de São Paulo
 

Depois de assinalar com a procura por uma federação sul-americana para organizar o campeonato em 2017, agora a F-Truck voltou atrás. Segundo a categoria, foram feito os contatos necessários para a renovação do contrato com a Confederação Brasileira de Automobilismo como organizadora do certame. E ainda com a reclamação: a CBA não respondeu o pedido - o que a confederação nega.
 
De acordo com o comunicado oficial da Truck, um e-mail confirmando a intenção da renovação foi enviado na última sexta-feira, 3 de fevereiro - dia estipulado, segundo afirmação da Truck, pelo novo presidente Waldner Bernardo, por e-mail, como data final para que a Truck resolvesse o que iria querer. Na sequência, uma reclamação: quase quatro dias depois, ainda não houve resposta da CBA.
 
A categoria não esconde que tentou uma filiação junto à Confederação Desportiva Automobilística Sul-Americana, a CODASUR, usando como pretexto as corridas que terá no Uruguai e Argentina. Mas teve a resposta que para que a filiação fosse concretizada precisaria de um aval da CBA - e afirma que também não recebeu.
 
"Em mais de 20 anos nunca tive qualquer problema com os vários presidentes da CBA", disse a presidente da F-Truck, Neusa Navarro. "E não seria agora que criaríamos complicações. O meu pedido de renovação de contrato com a CBA foi enviado dentro do prazo dado por eles e acredito que a demora na resposta seja pela correria que foi a eleição do novo presidente da entidade, ocorrida há alguns dias", seguiu. 
Qual é a da Truck? (Foto: Orlei Silva)
"Tenho certeza que tudo será esclarecido o mais breve possível e no dia 19 de março faremos a primeira corrida da temporada no Autódromo Velopark, no Rio Grande do Sul", encerrou.
 
A CBA, porém, diz algo diferente. Segundo o presidente Bernardo disse à reportagem do GRANDE PRÊMIO, houve uma resposta, sim. "Fiz contato por e-mail", afirmou. "Quanto à renovação, pedimos um prazo de 15 dias a contar de ontem [segunda-feira, 6]. Nos posicionaremos após este prazo", garantiu.
 
As duas organizações se veem em rota de conflito após a CBA divulgar uma licitação para quem desejasse organizar a Truck já a partir desta temporada 2017, após o contrato com a companhia de Neusa terminar no final do ano. Ao passo que a Truck afirmou que tem os direitos do nome Fórmula Truck e, caso a CBA desejasse criar um campeonato do mesmo nicho teria que inventar outro nome.


Últimas Notícias
domingo, 25 de junho de 2017
F1
sábado, 24 de junho de 2017
Indy
Indy
Nascar
Indy
Indy
MotoGP
F1
Indy
F1
World Series
F1
F1
Indy
F1
Galerias de Imagens
Facebook