F-Truck
09/08/2015 17:35

Salustiano vence com facilidade etapa da F-Truck marcada por forte acidente de Lopes em Santa Cruz do Sul

Líder da largada até a bandeira quadriculada, Paulo Salustiano foi imbatível na etapa de Santa Cruz do Sul da F-Truck. Mais veloz que os demais, o trabalho do #55 passou a ser fazer boas relargadas e garantir a ponta. Corrida foi marcada por forte acidente de Luiz Lopes, que capotou depois de derrapar e acertar uma barreira de pneus
Warm Up
VITOR FAZIO, de Porto Alegre
Paulo Salustiano foi impecável na etapa de Santa Cruz da F-Truck, disputada neste domingo (9). Pole, o #55 liderou desde a largada até a bandeira quadriculada, sempre fazendo boas relargadas e segurando Felipe Giaffone, segundo colocado.
 
Giaffone, sem o ritmo de Salustiano, também precisava se preocupar com Leandro Totti, que estava colado na traseira de Felipe. Apesar da pressão, a ultrapassagem não aconteceu. Fechando os cinco primeiros, André Marques passou Paulo Pachenki, conquistando o quarto lugar.
Salustiano controlou a etapa de Santa Cruz do Sul (Foto: Orlei Silva)
A corrida foi marcada pelo forte acidente de Luiz Lopes, que capotou após escapar da pista. O piloto tentou evitar Rogério Castro, que rodou em seu próprio óleo. Sem sucesso, tudo que Lopes conseguiu foi derrapar e seguir reto na direção da barreira de pneus, capotando.
 
O piloto saiu ileso do acidente, mas deixou a categoria assustada. Lopes saiu de maca da pista para cumprir os procedimentos, mas destacou que “foi só susto”.
 
A próxima etapa da F-Truck será disputada em Curitiba, no dia 13 de setembro.

Saiba como foi a etapa da F-Truck em Santa Cruz do Sul

Paulo Salustiano, que largava da pole, não teve dificuldades em dominar o começo da prova. Beneficiado pela intensa briga pelo segundo lugar, o líder abriu vantagem.
 
Atrás do líder, Wellington Cirino chegou a assumir o segundo lugar, passando Felipe Giaffone. Mas o #6 não conseguiu sustentar a posição: um problema mecânico comprometeu o ritmo da Mercedes.
 
A situação ficou ainda pior na volta 3: Cirino ficou parado ao lado da pista, situação que exigiu a entrada do Pace-Truck. Todavia, Wellington conseguiu dar a partida no caminhão e voltar aos boxes. Com isso, a vantagem de Salustiano, seu companheiro, foi anulada.
 
A corrida recomeçou em seguida e Salustiano logo recomeçou a abrir vantagem. Enquanto isso, Giaffone tentava segurar Leandro Totti, que vinha rápido.
 
A ação em bandeira verde logo foi interrompida novamente. Rogério Castro rodou no óleo que escapava de seu próprio caminhão. Luiz Lopes, que vinha logo atrás, derrapou e bateu com força em uma barreira de pneus. O resultado foi uma bela capotada, com o piloto saindo ileso. O Pace Truck voltou à pista.
 
Passados 20 minutos sem corrida, a barreira foi reconstruída e a largada aconteceu.
 
Salustiano segurou a liderança, mas com Giaffone mais próximo do que o normal. Totti, ainda em terceiro, também mantinha o contato.

Mas as voltas passavam e o ritmo de Salustiano voltava a se evidenciar. Enquanto Giaffone segurasse Totti, Paulo conseguiria segurar uma liderança fácil. Paulo Pachenki e André Marques fechavam o top-5.
 
Pachenki e Marques, aliás, faziam uma disputa particular. Sem o ritmo dos três primeiros, mas melhores do que o resto do grid, os dois vinham próximos. Paulo vinha em quarto, mas Marques conseguiu uma bela manobra e passou o #80, que vinha com problemas no para-brisa. 
 
Pouco depois o Pace Truck voltou à pista. Roberval Andrade ficou parado na beira da pista, exigindo a intervenção.
 
A bandeira verde demorou para ser agitada novamente. No fim das contas, apenas mais dois giros foram dados antes do fim da corrida. A ordem final acabou como Salustiano, Giaffone, Totti, Marques e Pachenki.

Últimas Notícias
sexta-feira, 20 de janeiro de 2017
Rali
Stock Car
F1
MotoGP
F-E
MotoGP
MotoGP
Outras
F1
MotoGP
F1
MotoGP
F1
MotoGP
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook