World Series
25/06/2016 19:03

Orudzhev bate Nissany na corrida 1 em Paul Ricard e engata segunda vitória na temporada da F-V8. Brasileiros batem

Egor Orudzhev penou. Escapou da pista, atropelou placa, ganhou, perdeu e recuperou a ponta, mas no final da corrida ainda teve de lidar com um ataque feroz de Roy Nissany. Segurou e venceu a segunda dele na temporada 2016
Warm Up
Redação GP, Rio de Janeiro

Foi do russo Egor Orudhzev a vitória na primeira corrida do final de semana da F-V8 em Paul Ricard na manhã deste sábado (25). É a segunda vitória do russo nas últimas três corridas, que faz dele o único piloto com mais de um triunfo até aqui em 2016. 
 
E a vitória de Orudzhev chegou no modo drama. Um ataque encardido de Roy Nissany chegou a dar a sensação de que Egor não sustentaria a ponta. Antes da briga final que colocou os dois primeiros colocados roda com roda no fim da prova, Orudzhev já cortara uma chicane quando perseguia Matthieu Vaxivière e depois atropelou uma placa quando cruzou reto na curva Verrière.
 
Ele tomou a ponta na largada, mergulhando do terceiro lugar onde largou. Acabou passado por Vaxivière, mas conseguiu deixar o francês para trás quando o carro da SMP teve um problema.
 
"Foi um grande desafio. O time nunca correu em tamanho calor antes, Eu fui muito cuidadoso vigiando meus pneus nas primeiras voltas, e por isso que Matthieu Vaxivière me passou. Depois, creio que teve um problema, deixando que Roy e eu passássemos", disse.
 
"Eu cometi um erro grande passando reto e acertando uma placa no final da curva. Depois disso, o carro estava estranho, mas foi muito bom ficar na frente de Roy", admitiu o vencedor.
A primeira corrida da F-V8 em Paul Ricard teve Orudzhev vencendo (Foto: Reprodução/Twitter)
O ataque de Nissany foi o ponto alto da corrida, com o israelense aproveitando uma travada de pneus do russo para atacar. Os pneus se tocaram, mas Nissany não se deu bem. Depois, tentou de novo por fora. Não funcionou.
 
"Foi uma corrida complicada. No final, tentei passar Egor por fora e até tivemos contato. O carro saiu de traseira, mas eu consegui salvar. Na volta seguinte, tentei por fora, o que foi realmente espetacular", se animou.
 
Quem completou o pódio foi René Binder. Líder do campeonato, Tom Dillmann chegou em quarto. Vaxivière, que tinha a vitória em mãos, terminou sendo apenas o quinto. Louis Delétraz, Yu Kanamaru, Aurelién Panis, Beitske Visser e Matevos Isaakyan encerraram o top-10. Os brasileiros Vitor Baptista e Pietro Fittipaldi foram os únicos a abandonar, exatamente numa batida entre eles que chegou a tirar o carro de Pietro do chão.
 
Dillmann tem 124 pontos contra 85 de Delétraz e 80 de Panis. Apesar das duas vitórias, Orudzhev tem apenas 52 pontos e ocupa a sétima colocação do campeonato. A segunda corrida do final de semana acontece na manhã do domingo.
 
PADDOCK GP #34 ENTREVISTA CHRISTIAN FITTIPALDI E FALA SOBRE LE MANS E F1



Últimas Notícias
sexta-feira, 20 de outubro de 2017
F1
MotoGP
MotoGP
MotoGP
MotoGP
MotoGP
MotoGP
quinta-feira, 19 de outubro de 2017
MotoGP
MotoGP
F1
MotoGP
F1
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook