World Series
17/04/2016 15:38

Panis assume ponta na largada e conta com bom trabalho de pit-stop para vencer segunda corrida da F-V8 em Aragão

Aurélien Panis tomou a ponta de Tom Dillmann logo na largada e partiu para a vitória, sua primeira pela Arden, na segunda corrida do final de semana no Motorland que abriu o final de semana da categoria
Warm Up
Redação GP, do Rio de Janeiro

O clã Panis ficou com a vitória da segunda corrida da F-V8 no final de semana de abertura da temporada 2016 em Aragão. Aurélien Panis, filho do ex-piloto da F1 Olivier Panis - de Ligier, Prost, BAR e Toyota, vencedor do GP de Mônaco de 1996 -, tomou a ponta na largada e fugiu para vencer pela primeira vez para a Arden.
 
Na disputa de franceses, Panis mergulhou para cima do pole-position Tom Dillmann e os dois chegaram a se tocar na curva um. Panis levou a melhor e só fugiu. Ganhou com certa vantagem para os padrões F-V8 - a antiga World Series: 2s.
 
"Foi uma corrida dura com Tom, mas minha equipe fez um grande pit-stop. É minha primeira vitória desde Moscou na 2.0 Eurocup em 2014 e estou muito esperançoso de que possamos continuar vencendo", disse.
 
Dillmann tentou acompanhar até quando deu. Mas perdeu 1s na parada dos boxes, um duro golpe para alguém que não tinha carro mais forte. "Podíamos ter parado uma volta antes, mas estávamos perto do fim da janela de pit-stops. E o outro problema foi que a Arden estava no pit anterior do nosso".  
Aurélien, filho de Olivier Panis, venceu a primeira na F-V8 (Foto: F-V8)
"De qualquer forma, não acho que perdemos a corrida nos pits. O problema foi a largada. Tive dificuldades todo o final de semana com a embreagem. Ontem estava terrível, hoje ficou só um pouco melhor. Creio que seja algo mecânico com a embreagem que realmente temos que analisar", seguiu.
 
O segundo lugar ficou com René Binder, espaço herdado com a batida dos dois primeiros colocados na corrida do sábado, Louis Delétraz e Matthieu Vaxivière, e as passadas da largada em que saiu do sétimo lugar direto para o terceiro. Yu Kanamaru não tinha terminado a outra prova, mas foi quarto. Delétraz conseguiu ainda ser quinto, enquanto Vaxivière abandonou.
 
Johnny Cecotto Jr foi quinto, seguido por Roy Nissany e Alfonso Celis. Pietro Fittipaldi, que deixou a pontuação escapar no final da primeira prova, agora viveu situação diferente e fez bela ultrapassagem para terminar no nono posto. Matevos Isaakyan fechou o grupo de pontuadores. O outro brasileiro, Vitor Baptista, foi 11º.
 
O campeonato continua com a etapa da Hungria na próxima semana, com corridas nos dias 23 e 24.
 
PADDOCK GP #24 FALA SOBRE F1, MOTOGP, INDY E STOCK



Últimas Notícias
sexta-feira, 26 de maio de 2017
Indy
Nascar
Indy
MotoGP
F1
Indy
MotoGP
Indy
F2
F1
MotoGP
Superbike
MotoGP
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook