F1
20/05/2015 19:30

Alonso afirma que F1 está no caminho errado e aponta solução: guerra entre fabricantes de pneus

Para Fernando Alonso, a F1 precisa tomar medidas para deixar a competição mais acirrada. O espanhol se mostrou favorável ao retorno do reabastecimento e gostaria de ver uma briga entre duas fabricantes de pneus
Warm Up
Redação GP, de São Paulo
Fernando Alonso está louco para que a F1 mude radicalmente alguns pontos no regulamento. Nesta quarta-feira (20), o bicampeão defendeu que existam duas fornecedoras de pneus e aprovou uma possível volta do reabastecimento durante as corridas.
 
Para o espanhol, ter duas fabricantes competindo faria com que os pneus fossem muito melhores. Hoje, todos na F1 usam compostos feitos pela Pirelli.
 
“Uma competição entre fabricantes de pneus iria ajudar muito a F1. Todo mundo estaria novamente buscando o melhor desenvolvimento possível”, disse.
 
Alonso, que pegou a fase de briga intensa entre Michelin e Bridgestone, elogiou o trabalho de ambas no passado, mas sempre destacando que uma puxava a outra para cima.
 
“Eu corri alguns anos com a briga entre Michelin e Bridgestone, depois apenas com os pneus Bridgestone. As diferenças foram brutais. Os pneus de 2006 eram incríveis. Ambas as companhias estavam empenhadas em fazer o melhor e tivemos compostos sensacionais. No ano seguinte, só com a Bridgestone, eles parecem ter relaxado um pouco e a qualidade caiu”, falou.
Fernando Alonso quer mudanças consideráveis na F1 (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
O asturiano explicou que a competição poderia ser mais acirrada entre os times das duas fornecedoras.
 
“Seria ótimo para a categoria por alguns motivos. Você provavelmente teria um pneu ótimo de classificação e ruim de corrida ou vice-versa. Além disso, teríamos corridas em que uma fornecedora se daria bem e outras em que a rival se sairia melhor. Seria ótimo”, continuou.
 
Alonso também não acha a volta do reabastecimento uma má ideia. Para o piloto, isto mexeria sensivelmente com as classificações.
 
“É uma ideia que não deveria ser descartada. Lembro de surpreender muitos outros pilotos com menos combustível nos treinos e o mesmo acontecia com eles. Seria bacana para mexer com as posições em provas e classificações”, declarou.
 
O espanhol terminou dizendo que a categoria está muito previsível e que isto, para os fãs, é péssimo.
 
“Hoje, se você me desse um papel, eu poderia listar o grid para as próximas três etapas. Não é bem isso que os fãs querem”, encerrou.
 
Alonso e seu companheiro de McLaren Jenson Button estão zerados na temporada 2015 da F1 que, assim como o campeonato de 2014, vem sendo dominada pela dupla da Mercedes.
 


Últimas Notícias
quinta-feira, 21 de setembro de 2017
Indy
MotoGP
Superbike
F1
MotoGP
F-E
MotoGP
MotoGP
Nascar
F1
MotoGP
F-E
F1
F1
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook