F1
22/08/2017 05:40

Alonso volta das férias e vê McLaren cada vez mais forte, mas prevê dificuldades durante GP da Bélgica

Depois de ter conquistado na Hungria seu melhor resultado na temporada até agora, Fernando Alonso aproveitou bem o merecido período de férias, que tem sua parada final na bela ilha grega de Mykonos. Mas agora o bicampeão do mundo já pensa na retomada dos trabalhos confiante no bom momento da McLaren, mas ao mesmo tempo realista sobre as perspectivas para Spa-Francorchamps neste fim de semana
Warm Up
Redação GP, de Sumaré

A temporada 2017 do Mundial de F1 está de volta neste fim de semana. Após quatro merecidas semanas de férias, a principal categoria do esporte a motor acelera com a disputa do GP da Bélgica, no lendário circuito de Spa-Francorchamps. Fernando Alonso, depois de ter conquistado na Hungria seu melhor resultado no ano ao terminar em sexto lugar, volta do período de descanso confiante na evolução apresentada pela McLaren nas últimas provas do campeonato. No entanto, ao passo em que seu futuro ainda está pendente, o bicampeão do mundo é realista sobre o que esperar do MCL32 na Bélgica. Na visão de Alonso, trata-se de um duro desafio para a McLaren neste fim de semana.
 
“Estou feliz com a primeira corrida depois das férias de verão. É muito bom voltar sentindo-se descansado, tranquilo e com as baterias recarregadas, e preparado novamente para a segunda metade da temporada. Aproveitei bem o tempo com minha família e amigos, trabalhando duro na minha preparação física, e agora estou muito ansioso para voltar ao carro”, destacou o espanhol de 36 anos em prévia divulgada pela McLaren neste começo de semana.
 
Alonso, como a maioria da F1, é fã de Spa-Francorchamps e também da icônica curva Eau Rouge. O bicampeão não poupou elogios ao traçado. 
Fernando Alonso crê que a McLaren está crescendo a cada dia. Mas aposta em GP da Bélgica difícil (Foto: McLaren)
“Spa é incrível e, para muitos de nós, é nossa pista favorita. Tem um histórico lendário, que é totalmente merecido. A sensação quando você guia pela Eau Rouge é completamente diferente de qualquer outra curva do calendário. Você está tão abaixo no carro e o ângulo é tão íngreme que quando você sobe só é possível ver o céu, é algo completamente surreal”, descreveu.
 
Mas Fernando tem os pés cravados no chão sobre o que esperar da McLaren neste fim de semana. O piloto acredita que a equipe vai ter dificuldades em Spa, circuito que demanda muita potência do motor por se tratar de um traçado de alta velocidade.
 

“Ao passo em que a temporada prossegue, estamos cada vez mais fortes, e espero que a segunda metade do ano nos traga mais pontos ao terminar as corridas. Essa prova é um duro desafio para toda a equipe, os engenheiros e os mecânicos, já que você usa o acelerador em quase três quartos da volta, o que parece ser uma pista difícil para o carro e para o piloto”, lembrou Alonso.
 
“Sabemos que vamos ter de trabalhar duro para conseguir qualquer bom resultado, mas é uma volta longa e com muitas oportunidades para ultrapassar, de modo que vamos seguir acelerando para avançar da melhor forma possível no fim de semana”, finalizou o veterano.
TUKA ROCHA ANALISA NOVO MOMENTO DA STOCK CAR


Últimas Notícias
quinta-feira, 23 de novembro de 2017
F1
Indy
MotoGP
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook