F1
18/05/2014 23:13

Aos 88 anos, tricampeão da F1 e dono de equipe Jack Brabham morre em casa na Austrália

O tricampeão de F1, Jack Brabham, morreu neste domingo (18), manhã de segunda-feira na Austrália, em sua casa. O ex-piloto foi ícone do esporte e venceu também duas vezes o Mundial de Construtores em 66 e 67
Warm Up, de Indianápolis
Redação GP, de Indianápolis
As imagens da carreira e da vida de Jack Brabham

Jack Brabham, de 88 anos, morreu na manhã desta segunda-feira (19) na Austrália, domingo no Brasil. Ele estava em sua casa, na cidade de Gold Coast. Sir John Arthur Brabham foi campeão mundial de F1 em 1959, 1960 e 1966. Além disso, enquanto dono de equipe no Mundial, o australiano faturou os títulos de construtores duas vezes: 1966 e 1967.

No comunicado enviado à imprensa, a família de Brabham informou que o ex-piloto e proprietário de time morreu de "forma tranquila". Tricampeão, o australiano foi um dos grandes ícones do esporte a motor em todo mundo. E foi o primeiro competidor condecorado na Inglaterra por serviços prestados ao automobilismo.
Sir Jack Brabham morreu aos 88 anos, em casa, na Austrália (Foto: Getty Images)
Os dois primeiros títulos, conquistados com a Cooper Climax, marcaram também o fim da era dos motores dianteiros nos carros de F1. Já a terceira taça fez dele o único piloto da história do Mundial a vencer com a própria equipe, a bordo do Brabham BT19. O feito até hoje permanece.

Considerado também um grande engenheiro, Sir Jack contribuiu com inovações tecnológicas para o esporte por meio de sua equipe e ajudou a moldar a F1 em seu tempo. Em parceria com o projetista Ron Tauranac, mais 500 carros de corridas foram fabricados pela Brabham na sede inglesa, em Surrey.

O australiano estreou na F1 em 1955, no GP da Inglaterra, e se despediu da categoria na temporada de 1970, e a última vitória aconteceu neste mesmo ano, na África do Sul. A paixão pela velocidade foi transmitida aos três filhos, Geoff , Gary e David, que se tornaram pilotos. A terceira geração da família também já desponta nas pistas, com Matthew e Sam. O primeiro, inclusive, disputa a Indy Lights pela Andretti e é o quinto colocado do campeonato 2014.

"Hoje é um dia muito, muito triste para nós", disse David, o caçula de Brabham, em nota. "Meu pai morreu de forma tranquila em sua casa. Ele teve uma vida incrível, conseguindo muito mais do muitos chegam a sonhar e ele vai continuar vivendo por meio de seu grande legado", completou.

Brabham deixa esposa, Lady Margaret, além dos filhos e neto.

Últimas Notícias
sexta-feira, 20 de outubro de 2017
F1
F-E
Seletiva BR
F1
Outras
Stock Car
F1
F1
MotoGP
F1
MotoGP
MotoGP
MotoGP
MotoGP
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook