F1
28/10/2015 13:06

Boullier justifica veto da McLaren a parceria de Honda e Red Bull: “Única forma de sermos campeões”

Chefe da McLaren, Éric Boullier justificou o veto do time de Woking à possibilidade de a Honda fornecer motores para a Red Bull por desejo de exclusividade. Dirigente acredita que a única forma de chegar ao título da F1 é tendo uma montadora como parceira oficial
Warm Up
Redação GP, de São Paulo
A busca da Red Bull por um novo fornecedor de motores acabou esbarrando na Honda, mas um veto da McLaren acabou com os planos dos rubro-taurinos, que seguem com uma mão na frente e outra atrás em termos de propulsores V6.
 
Chefe da McLaren, Éric Boullier justificou o veto do time de Woking e alegou que a decisão de não querer dividir as atenções da Honda tem a ver com o fato de o time de Jenson Button e Fernando Alonso não acreditar que uma equipe cliente pode ser campeã.
Éric Boullier defendeu veto da McLaren à parceria entre Honda e Red Bull (Foto: McLaren)
 “A verdade é que nós queríamos trabalhar com a Honda, a Honda queria trabalhar conosco como uma parceria oficial, porque ter uma montadora como parceira oficial é, nos acreditamos, a única forma de sermos campeões mundiais. Se você é cliente de uma fábrica de motores, você não pode ser campeão”, defendeu. “Então este é um privilégio que nós, obviamente, encontramos. Nós trouxemos para a F1 e não queremos dividir. É isso. Mas não quero comentar mais”, completou.
 
Bernie Ecclestone disse durante a passagem da F1 por Austin que Ron Dennis estava bloqueando o pedido da Red Bull, usando um poder de veto da McLaren.
 
“A resposta honesta é que, no momento, parece que a Honda está feliz em dar a eles um motor e o Sr. Dennis acha que eles não devem”, declarou Bernie. “Apesar de a Honda ter um acordo com a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) e comigo que permitia que eles entrassem na F1 fornecendo motores para um time no primeiro ano, dois times no segundo e três times no terceiro, e eles, de alguma forma, se envolveram e se comprometeram com Ron de que ele tinha um veto em qualquer acordo de fornecimento de motor e ele não quer a Red Bull. Acho que ele acredita que eles são competidores”, concluiu.
Últimas Notícias
sábado, 22 de abril de 2017
Indy
MotoGP
MotoGP
Indy
MotoGP
MotoGP
Brasileiro de Marcas
Indy
MotoGP
Stock Car
MotoGP
Indy
MotoGP
MotoGP
Stock Car
Galerias de Imagens
Facebook