F1
09/05/2017 09:53

Com atualizações para Barcelona, Force India busca manter quarto lugar e sonha em lutar contra Red Bull

Chefe-adjunto da Force India, Bob Fernley quer esperar para ver a eficácia das novas peças que a Force India vai levar para o VJM10 a partir deste fim de semana na Espanha. A expectativa do britânico é que, se tudo der certo, exista a perspectiva de ir além do quarto lugar e lutar contra a Red Bull pelo top-3 da F1
Warm Up
Redação GP, de Sumaré
 

A Force India chega a Barcelona, palco da quinta etapa da temporada 2017 da F1 e da abertura da fase europeia do calendário neste fim de semana, com objetivos ousados. A escuderia, como praticamente todas as outras, vai levar para a Catalunha um pacote de atualizações para evoluir seu carro. Caso dê tudo certo, Bob Fernley, chefe-adjunto do time de Silverstone, acredita que é possível não apenas manter o quarto lugar na ordem de forças da F1, mas também ir além e lutar contra a Red Bull pelo top-3.
 
Nos últimos anos, a Force India enfrentou um começo difícil de temporada, mas conseguiu melhorar seu carro de forma considerável para a sequência do campeonato justamente a partir de Barcelona. Em 2017, o VJM10 tem problemas sobretudo de peso, mas ainda assim, conseguiu ajudar a colocar seus pilotos, Sergio Pérez e Esteban Ocon, na zona de pontuação das quatro primeiras corridas do ano. Fato que surpreendeu o mexicano.
 
Agora, Fernley acredita que é chegada a hora de dar um passo adiante. “Se tudo funcionar de acordo com o planejado, podemos considerar [lutar contra a Red Bull]. Mas não devemos nos esquecer que as outras equipes não estão paradas, de modo que precisamos ser cautelosos quanto a isso”, declarou o dirigente em entrevista à revista britânica ‘Autosport’.
Melhor do pelotão intermediário, a Force India agora mira dar um passo além em 2017 (Foto: Force India)
“O primeiro objetivo é garantir que podemos consolidar o quarto lugar e, se em seguida pudermos avançar, seria o ideal. As quatro primeiras corridas foram incríveis, e esperamos que Barcelona possamos trazer toda a performance que nos faltou e, então, possamos estar à altura dos outros”, acrescentou.
 
Fernley também está bastante satisfeito com a forma da equipe neste começo de temporada. “Desde o primeiro dia sabíamos que havia uma ligeira diferença de ritmo, com o foco voltado para a estratégia e a confiabilidade para amenizar isso, e é o que nós temos feito”, declarou o chefe-adjunto da equipe, que não perdeu a chance de rasgar elogios ao jovem Ocon, que faz sua primeira temporada completa na F1 em 2017.
 
“Ocon faz um grande trabalho. Aprende quando chega a classificação e avança na primeira parte do fim de semana. Mas o que é incrível é a maturidade que ele mostra na primeira parte da corrida, estando ali desde o começo. É um competidor notável”, exaltou.
 

“Sóchi foi o primeiro GP em que ele esteve no Q3 e somou pontos nas quatro corridas, então ele não poderia ter feito melhor. Quando chegarmos a Silverstone — metade do campeonato — e nossos dois pilotos puderem acelerar a pleno e se pudermos superar o déficit de performance, pode vir a ser uma segunda parte de temporada empolgante”, complementou.
 
A Force India ocupa o quarto lugar na temporada 2017 do Mundial de Construtores com 31 pontos somados. Ocon, assim como Pérez, pontuou nos quatro primeiros GPs da temporada. A equipe de Silverstone está 26 pontos atrás da Red Bull, terceira colocada, e 13 à frente da Williams, que fecha o top-5 entre as equipes no campeonato.
 
EDGARD MELLO FILHO DÁ SHOW NO PADDOCK GP #76. ASSISTA AGORA



Últimas Notícias
segunda-feira, 23 de outubro de 2017
F1
Copa Grande Prêmio
F1
F1
F1
F1
F1
MotoGP
F1
F1
Nascar
F1
F1
Nascar
F1
Galerias de Imagens
Facebook