F1
15/04/2017 13:54

Com quebra no Q2, McLaren decide trocar motor de Alonso no Bahrein: “Ia ser difícil, mas ficou ainda mais”

Fernando Alonso acelerava para completar sua volta no Q2, mas o motor Honda quebrou antes que isso fosse possível. Assim, o espanhol vai precisar de um motor novo antes de largar do 15º lugar no GP do Bahrein
Warm Up
VITOR FAZIO, de Porto Alegre
Fernando Alonso fez um bom trabalho no Q1 e levou a McLaren ao Q2 no treino classificatório deste sábado (15). Mas foi em vão: ao fim da volta rápida no Bahrein, o motor Honda quebrou e o espanhol ficou a pé. É um novo problema para uma piloto que já projetava dificuldades em um circuito de alta velocidade.
 
“É uma pena, minha volta era boa”, refletiu Alonso. “Eu tinha melhorado mais de meio segundo em relação ao tempo do Q1, então acho que dava para ser 13º ou 14º, dependendo dos outros. Mas na aproximação da última curva o motor quebrou e fui lento para os boxes”, seguiu.
Fernando Alonso (Foto: McLaren)
A McLaren vai precisar trocar o motor de Alonso para a corrida. Como o espanhol está dentro do limite de unidades de potência da temporada, nenhuma punição vai ser aplicada.
 
“Já ia ser uma corrida difícil, mas agora fica ainda mais difícil. Precisamos trocar a unidade de potência e não teremos a chance de calibrar o motor. Provavelmente não vamos para a corrida com toda a potência que temos, que já é pouca”, completou.
 
Alonso não conseguiu completar nenhum dos dois GPs da F1 em 2017. Na Austrália, foi vítima de um problema na suspensão. Na China, o motor foi culpado. O espanhol já vem de uma pré-temporada muito conturbada, em que a McLaren foi a equipe com menos quilometragem acumulada.
VERSTAPPEN É O PILOTO MAIS IMPACTANTE DA HISTÓRIA DA F1. ASSISTA



Últimas Notícias
domingo, 20 de agosto de 2017
F1
sábado, 19 de agosto de 2017
Indy
Seletiva BR
Indy
F3
Rali
Indy
Indy
Nascar
Indy
F3
F3
DTM
Indy
Superbike
Galerias de Imagens
Facebook