F1
12/10/2016 07:35

De volta pra casa, Mercedes festeja tri do Mundial de Construtores: “1.500 pessoas fizeram esse sonho virar realidade”

A última terça-feira foi marcada pelas comemorações da Mercedes, que confirmou em Suzuka, no domingo, a conquista do tricampeonato do Mundial de Construtores na F1. A festa foi em Brixworth, uma das sedes da escuderia e fábrica dos melhores motores da categoria desde 2014. Toto Wolff, chefe da laureada equipe prateada, creditou todo o êxito aos funcionários da Mercedes
Warm Up
Redação GP, de Sumaré

A Mercedes confirmou, no último domingo, em Suzuka, a conquista do tricampeonato do Mundial de Construtores na F1. Um título que mostra o poderio da escuderia alemã, que domina o esporte desde a adoção da nova ‘Era Turbo’, em 2014, e vem protagonizando também a luta pelo título do Mundial de Pilotos, novamente entre Lewis Hamilton e Nico Rosberg. Além dos pilotos, Toto Wolff, diretor esportivo, Niki Lauda, presidente não-executivo, Paddy Lowe, diretor-técnico, e Andy Cowell, responsável direto pelos motores, formam a espinha dorsal de um time composto por mais de 1.500 funcionários divididos nas sedes em Brackley e em Brixworth, palcos da grande festa na última terça-feira (11).
 
Só em 2016, com 17 GPs disputados até o momento, a Mercedes conquistou nada menos que 15 vitórias, 16 poles, 28 pódios, dez voltas mais rápidas e nada menos que 81% das voltas lideradas. Números que evidenciam a supremacia do carro prateado pelo terceiro ano seguido.
 
Wolff dedicou o título a cada um dos funcionários da equipe e não escondeu o orgulho de ver a marca que lidera seguir fazendo história na F1. “Estar ao lado do troféu de campeões, com duas estrelas que, em dezembro, vão se converter em três, é um momento para nos deixar orgulhosos. É uma grande conquista e assim temos feito nos últimos três anos. Me encontrei com Ross Brawn [ex-chefe da Mercedes] há algumas semanas, tomamos um café, e ele me disse que estava orgulhoso pela organização que tínhamos, e que era fácil perder o ritmo. É uma grande honra trabalhar com esse pessoal”, pontuou.
A Mercedes comemorou o tricampeonato do Mundial de Construtores na última terça-feira (Foto: Mercedes)
“Desde Paddy e Andy, que nos levaram adiante intelectualmente, até nossos dois grandes pilotos, que têm sido parte importante do projeto. Como disse outras vezes, temos a melhor dupla de pilotos da F1 e a melhor equipe possível para lhes dar suporte. Quando pensamos que o carro não pode ir mais rápido, de alguma forma eles encontram algum décimo extra. No fim de semana me perguntaram o que significava para a equipe as flechas prateadas e se há alguma razão particular para estar onde estamos. E a única coisa que me veio à mente é que há 1.500 razões. Se todas essas 1.500 pessoas que trabalham em Brackley e Brixworth tornaram esse sonho realidade, devo agradecer a cada um deles pelo seu papel na história”, complementou.
 

Paddy Lowe destacou todo o histórico vencedor da Mercedes desde 2014. “Estamos conquistando resultados fenomenais que nunca pensamos que seriam possíveis na era moderna da F1. Tem sido extraordinário ver a equipe manter o nível de domínio ao longo das três temporadas. É uma amostra do grande trabalho de todo mundo em Brackley e Brixworth. Não se trata só de trabalhar duro, mas de fazê-lo de forma inteligente também. Felicidades a todos que fizeram parte deste sucesso”, afirmou o engenheiro britânico.
 
Atual líder do campeonato e responsável por 313 dos 593 pontos conquistados pela Mercedes em 2016, Nico Rosberg é um poucos que fazem parte do projeto desde o começo, lá em 2010, quando a marca alemã voltou à F1 como equipe depois de ter comprado a Brawn GP. Desde então, foram tempos de adaptação à categoria, com Nico sendo companheiro de equipe de Michael Schumacher. Rosberg levou a Mercedes à sua primeira vitória nesta nova fase, em 2012, em Xangai, e agora parte rumo ao seu primeiro título na F1.
 
“Estive aqui desde o primeiro dia do projeto em 2010 e é fenomenal a aventura que completamos juntos até ser a melhor equipe da F1, fazendo história e voltando a escrever páginas nos livros de história. O que temos conquistado vai além e estou muito orgulhoso por fazer parte disso. Obrigado a todas essas pessoas por fazer com que meu trabalho como piloto seja muito mais prazeroso, o que é sempre algo importante. A cada fim de semana chego à pista sabendo que tenho um carro para conquistar a pole e a corrida. É um sentimento inexplicável”, disse.
Os seis pilares do sucesso da Mercedes na F1: Toto Wolff, Niki Lauda, Lewis Hamilton, Paddy Lowe, Andy Cowell e Nico Rosberg (Foto: Mercedes)
“Teremos agora uma batalha intensa com Lewis e espero que todos em Brackley e em Brixworth aproveitem. Estou ansioso para que cheguem logo essas quatro últimas corridas e vou dar tudo o que essa Flecha de Prata tem. Hoje nós devemos agradecer a todos os integrantes da equipe, com os quais comemoramos porque eles merecem. Espero que tenha mais por vir”, acrescentou.
 
Por fim, Lewis Hamilton, o piloto que mais tirou proveito da fase vencedora da Mercedes na F1 e conquistou dois títulos mundiais nos últimos anos, destacou a força da escuderia anglo-alemã, mas disse que os pilotos são apenas uma pequena parte de uma estrutura vitoriosa.
 

“Nunca sai de moda estar aqui comemorando. Estou incrivelmente orgulhoso por pilotar os carros que esses caras construíram. Nico e eu temos, sem dúvida, o melhor carro do grid nessas três temporadas. Como pilotos, somos apenas uma pequena parte desta cadeia. Todo o trabalho duro que todos fizeram para nós é algo incrível. Isso é o que eu sempre sonhei em ter. Saber que em qualquer fim de semana você vai lutar contra a Ferrari, contra a Red Bull. E saber que esta equipe te dá a chance para fazer parte desta aventura é a melhor sensação possível”, comentou o tricampeão do mundo.
 
“Estou muito feliz por estar com todos eles por muitos anos além. Mas agora o mais importante é comemorar o momento porque fizemos história. Nas próximas décadas, vamos olhar para o que fizemos e então vamos nos dar conta desta magnitude. Muito obrigado a todo mundo de novo”, finalizou.

Últimas Notícias
terça-feira, 19 de setembro de 2017
F-E
MotoGP
F-E
F1
F1
F1
MotoGP
F1
MotoGP
F1
F1
Warm Up
F1
F1
segunda-feira, 18 de setembro de 2017
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook