F1
22/08/2017 17:01

Diretor da F1 revela desejo de aumentar número de corridas de rua no calendário e promete dois novos GPs na Ásia

O diretor-comercial da F1, Sean Bratches, admitiu que quer levar uma parte maior do calendário da F1 para a Ásia - e também para centros urbanos. Segundo o dirigente, será uma das primeiras grandes diferenças no calendário 'do Liberty Media'
Warm Up
Redação GP, de Nova Friburgo

Grande dúvida deste começo de reinado do Liberty Media na F1, o calendário do campeonato para os próximos anos sofre pitacos e insinuações de todos os lugares - a última veio do diretor-esportivo da Pirelli, Paul Hembery. Agora o diretor-comercial da categoria, Sean Bratches, afirmou que deseja aumentar o número de circuitos de rua na F1 e quer também somar mais duas corridas na Ásia às que já estão garantidas. 
 
Um dos três homens fortes colocados pelo Liberty Media no comando da F1, Bratches admitiu que têm partido dele as conversas com diversas cidades no mundo. Com a corrida noturna de Singapura como exemplo, o Liberty quer fazer algo parecido à estratégia da F-E e aproximar as corridas das maiores concentrações humanas.
 
"Estou gastando muito tempo entrando em contato proativamente com as cidades, e acho que, no fim das contas, teremos mais corridas em pista de rua do que já vimos antes. Iremos até cidades icônicas onde há grandes concentrações de fãs, particularmente alguns novos mercados que gostaríamos de ativar", disse em entrevista à agência de notícias 'AFP'.
 
"Do ponto de vista de quem assiste pela televisão, essas provas em centros urbanos promovem imagens realmente boas", seguiu.
A largada do GP de Cingapura de 2016 (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
Perguntado sobre se o continente asiático receberia mais etapas de rua, não titubeou. "Sim, dois", falou. "Estamos focados em trazer dois GPs a mais para a Ásia. Estamos conversando com algumas cidades sobre essa possibilidade", afirmou. A própria etapa de Cingapura está sob conversas para renovar o contrato, algo visto como provável. Nos últimos anos, Coreia do Sul, Índia e a partir do ano que vem a Malásia deixaram o calendário.
 
Ainda segundo Bratches, os fãs querem mais corridas próximas. "Achamos que há a expectativa por mais corridas de rua no calendário."
 
A temporada da F1 retorna neste fim de semana com o GP da Bélgica. 
PADDOCK GP #91 RECEBE TUKA ROCHA


Últimas Notícias
quinta-feira, 23 de novembro de 2017
F1
Indy
MotoGP
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook