F1
15/12/2016 07:52

Ecclestone vê Hamilton imbatível em 2017 e já teme por campeonato monótono: “Ninguém vai querer comprar ingressos”

Bernie Ecclestone até tem esperança de um campeonato mais disputado em 2017, mas acha que Lewis Hamilton será imbatível, independentemente da escolha da Mercedes para a vaga de Nico Rosberg. “É o melhor piloto”, disse
Warm Up
Redação GP, de Curitiba
 

Ao que parece Bernie Ecclestone pretende apostar todo seu dinheiro em um novo título de Lewis Hamilton e da Mercedes em 2017, independentemente de quem a equipe alemã escolher para substituir Nico Rosberg.

Em entrevista ao canal Sky Sports News, o chefão da F1 disse que esperava ver alguém se colocar como grande rival de Hamilton, mas acha que dificilmente a opção da Mercedes será por um piloto mais aguerrido. 
 
"Acho que ninguém iria querer comprar ingressos para assistir a uma corrida, ou até mesmo pela TV, e ver Lewis desaparecer na frente quando as luzes se apagarem", afirmou o britânico. "Seria muito ruim para todos e para Lewis também, porque acho que ele quer vencer de forma justa, superando alguém. Porém, acho que ninguém vai conseguir bater Lewis daqui para frente", destacou.
 
"O problema é simples: a equipe Mercedes, o motor, é tudo perfeito. E eles têm o melhor piloto do mundo. Espero estar errado em minha avaliação e que quem assumir a segunda vaga na Mercedes consiga competir com o Lewis mas, na minha opinião, isso não vai acontecer", acrescentou.
Bernie Ecclestone acha que Lewis Hamilton será imbatível em 2017 (Foto: Bruno Terena/Grande Prêmio)

Logo depois do anúncio da aposentadoria de Rosberg, nomes como Fernando Alonso e Sebastian Vettel foram especulados como candidatos à vaga na Mercedes, mas Ecclestone já sabia que os dois campeões eram altamente improváveis. "Não há muito que dizer, já que os dois estão sob contrato. "Queira ou não, eles não vão contratar o Alonso ainda por causa do escandâlo de espionagem de 2007 e da relação dele na época com McLaren e Mercedes. Seria errado ir atrás dele, então a Mercedes nem vai tentar isso", disse.
 
"E Sebastian está muito feliz na Ferrari, ele tem contrato e eu duvido muito que ele quebre isso para assumir a vaga na Mercedes", completou.

Últimas Notícias
segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017
Motociclismo
Outras
MotoGP
Superbike
Stock Car
Outras
MotoGP
F1
MotoGP
F1
MotoGP
F1
MotoGP
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook