F1
07/04/2017 09:20

Em apresentação apenas para pilotos, FIA revela nova proteção de cockpit na China. É o 'Shield'

A FIA fez tudo em segredo para apresentar, no final da tarde - hora local - desta sexta-feira (7) em Xangai, um novo projeto de proteção de cockpit. O 'Shield' foi criado para superar o Halo, que jamais convenceu o órgão máximo do automobilismo internacional. A apresentação foi feita apenas para os pilotos
Warm Up
Redação GP, do Rio de Janeiro

A FIA apresentou uma nova proteção de cockpit ainda nesta sexta-feira (7) após a reunião dos pilotos em Xangai. Após desenvolver a proteção por alguns meses em silêncio sepulcral, agora o órgão máximo do automobilismo internacional acredita ter chegado à versão possível de ser instalada na F1 a partir da temporada 2018.
 
O novo protetor de cockpit se chama 'Shield' - escudo, em tradução literal - e se trata de uma versão otimizada do Aeroscreen criado pela Red Bull e rechaçado pelas equipes no ano passado apesar da aprovação inicial do diretor-técnico da FIA, Charlie Whiting. As informações são da revista alemã 'Auto Motor und Sport'.
 
Desenvolvido por uma equipe comandada pelo diretor de segurança Lauren Meckies, o Shield é um disco da PVC plano na frente do cockpit, um tanto menor que o Aeroscreen - e esteticamente mais condizente com o F1. A intenção da FIA é que a nova invenção substitua o Halo como projeto de protetor de cokcpit da categoria a partir do ano que vem.
 
Ao apresentar o Shield para os pilotos antes de qualquer outra coisa, a FIA mostra uma abordagem diferente em relação ao Halo - quando os pilotos se sentiram isolados de uma decisão que interfere mais no trabalho deles do que de qualquer outra pessoa. Desta forma, a FIA também consegue ouvir os pilotos de forma mais orgânica, sem a influência da palavra dos chefes de equipe.
O Shield é uma versão modificada do Aeroscreen da Red Bull (Foto: Getty Images)
Caso os pilotos aprovem o Shield, a próxima fase é uma votação do Grupo de Estratégia da F1 e outra da Comissão da F1. A decisão final precisa ser tomada até o final do mês, dia 30 de abril, data do GP da Rússia. Para que seja implementado, o Shield terá de ser aprovado por meio de decisões unânimes.

O GP da China, o segundo do campeonato, acontece neste fim de semana, e o GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades em Xangai AO VIVO e em TEMPO REAL.
 

PADDOCK GP #72 TRAZ ÁTILA ABREU E DISCUTE ETAPAS DA STOCK CAR, F1, INDY E MOTOGP



Últimas Notícias
quarta-feira, 23 de agosto de 2017
F1
F1
MotoGP
Shell
terça-feira, 22 de agosto de 2017
Rali
Copa Grande Prêmio
F1
F1
Seletiva BR
F1
F-E
F1
F1
MotoGP
F1
Galerias de Imagens
Facebook