F1
21/10/2017 18:16

Em dúvida sobre futuro, Kvyat pede “conversa amistosa e sem mágoas” com Red Bull para saber se fica na F1

Daniil Kvyat quer saber o que será seu futuro na F1 - e se tem algo a fazer na Red Bull a partir do ano que vem. O russo faz questão de sempre pontuar que acredita no projeto da marca dos energéticos e quer permanecer nele, mas precisa definir logo se terá de procurar outro emprego
Warm Up, do Circuito das Américas
Redação GP, do Rio de Janeiro

O fim de semana mais confuso da carreira de Daniil Kvyat tem o russo mais nos holofotes do que em qualquer outro momento da carreira - até quando foi rebaixado da Red Bull para dar lugar a Max Verstappen. De volta para o lugar de Carlos Sainz Jr. sabe que a participação pode ser de apenas uma prova caso Brendon Hartley seja escolhido para terminar o ano como companheiro de Pierre Gasly. Bem mais calmo que em outros momentos, Kvyat pediu uma conversa com a Red Bull e a Toro Rosso para saber o que será o futuro na F1.
 
Sem colocar ninguém contra a parede, Kvyat evidenciou que gostaria de continuar no programa da Red Bull caso haja um caminho claro que o caminhe de volta para a F1; se não for o caso, prefere procurar novos ares. 
 
"Creio que tudo é possível de consertar. Se há uma direção clara, uma meta clara de lutar por algo grande, então ficarei mais que feliz em ser parte disso. Se não, se meu papel continuar sendo esse - corre uma corrida e não sabe na próxima -, então é menos interessante. Mas precisamos sentar e discutir", falou. 
 
"Acredito que definitivamente teremos uma resposta. Será uma conversa amistosa, sem mágoas", seguiu.
 
Kvyat até aparentou disposta a conversar já neste sábado, mas recuou. Não quer que nada atrapalhe o resto do fim de semana em Austin. 
Daniil Kvyat (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
"Não quero saber muito durante esse fim de semana. Aqui nos bastidores acontece muita coisa. Não é como se eu estivesse sentado esperando. Claro que estou pensando em outras coisas, mas agora não é o momento para falar disso. Temos um acordo longo com a Red Bull e enquanto for válido eu vou fazer meu trabalho o melhor possível", seguiu.
 
"Pode soar engraçado, mas vou seguir sendo leal até termos uma boa conversa juntos", encerrou.

O terceiro treino livre para o GP dos EUA acontece neste sábado,a partir das 14h. Depois, o treino de classificação está marcado para as 19h (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO cobre a etapa texana da F1 ‘in loco’ e AO VIVO e em TEMPO REAL.
RITMO DE FESTA

PADDOCK GP CHEGA À EDIÇÃO 100 COM HISTÓRIAS IMPERDÍVEIS DE EDGARD MELLO FILHO
 

Últimas Notícias
quarta-feira, 22 de novembro de 2017
MotoGP
Indy
F1
F1
MotoGP
F1
Copa Grande Prêmio
F1
Endurance
Outras
Outras
Stock Car
F1
F1
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook