F1
04/01/2017 11:53

Ex-F1, Merhi diz que piloto escolhido pela Mercedes 'só' precisa bater Hamilton: “Mas isso é quase impossível”

Roberto Merhi, piloto da Manor na F1 em 2015 e agora no WEC, afirmou que o piloto selecionado para assumir a vaga de Nico Rosberg na Mercedes terá uma chance de ouro em que precisa se preocupar apenas com um único piloto. Só que bater Lewis Hamilton é tarefa inglória
Warm Up
Redação GP, do Rio de Janeiro
 

Embora longe da F1 após uma passagem que não chamou a atenção em nada - a não ser pelas mudanças frenéticas que a Manor resolveu fazer no alinhamento dos pilotos -, Roberto Merhi consegue ter boas opiniões sobre a F1. A última diz respeito ao substituto de Nico Rosberg na Mercedes. E como o piloto escolhido se verá na melhor posição possível - mas mesmo assim quase impossível - para vencer o campeonato.
 
Em entrevista ao jornal espanhol 'AS', Merhi - que está guiando para a Manor na classe LMP2 do WEC - foi perguntado se aceitaria o chamado para a vaga da Mercedes - mais por uma questão de reflexão do que propriamente de possibilidade. Merhi, então, confirmou que iria, claro, já que o piloto selecionado estará na melhor equipe da F1 e terá que vencer apenas um piloto para tomar o Mundial de assalto. Mas passar pela parede Hamilton é "quase impossível".
 
"Claro, porque, entre outras razões, a única coisa que você precisa fazer para vencer é bater Hamilton", avaliou. "É como se me oferecessem uma vaga na McLaren  e dissessem que a única coisa que eu preciso fazer é bater Alonso. Eu ficaria muito feliz de estar lá, mas vencer esses caras é outra coisa", se aprofundou.
Bater Lewis Hamilton é quase impossível? (Foto: Mercedes)
"Qualquer um na Mercedes só precisa bater Hamilton, e isso é quase impossível. Rosberg conseguiu na terceira tentativa, então precisou de tempo para fazer com que tudo fosse perfeito e mais confiável. Button bateu Hamilton num ano muito ruim para Lewis, mas eu acho que do grid atual só Alonso poderia", seguiu.
 
Ainda falou um pouco mais do ano em que Rosberg conseguiu fazer o que muita gente não acreditava mais que ele pudesse: deixar para trás o tricampeão. Para o espanhol, Rosberg contou com muita coisa funcionando com perfeição. "Nico fez - e não estou dizendo que foi por acaso -, mas ele teve muita coisa em seu favor", encerrou Merhi.
 
A Mercedes deve anunciar o piloto escolhido nos próximos dias, mas é altamente improvável que seja alguém diferente de Valtteri Bottas.

Últimas Notícias
sexta-feira, 20 de janeiro de 2017
Rali
Stock Car
F1
MotoGP
F-E
MotoGP
MotoGP
Outras
F1
MotoGP
F1
MotoGP
F1
MotoGP
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook