F1
20/04/2017 12:45

Exigência da FIA por questão de segurança obriga Canadá a mudar ângulo do Muro dos Campeões

O Muro dos Campeões, famoso local de muitas batidas na F1, terá seu ângulo alterado por exigência da FIA. Por causa das velocidades bem mais altas dos carros da F1, a FIA considerou que o muro era perigoso para os pilotos da forma como estava e julgou que uma alteração precisava ser feita. Além do muro, mais áreas de escape e soft-walls em lugar de guard-rails e barreiras de pneu também foram exigidos
Warm Up
Redação GP, do Rio de Janeiro
 

Um dos mais marcantes lugares da F1 está prestes a ser modificado a pedido dos novos donos da categoria e da FIA. O Muro dos Campeões, no Circuito Gilles Villeneuve, em Montreal, casa do GP do Canadá, terá seu ângulo alterado. Questão exigida após o grande estudo que está sendo realizado pelo órgão máximo do automobilismo internacional detectar que existe grande perigo no trecho por conta dos novos carros.
 
A justificativa é simples: o aumento exponencial da velocidade dos carros em 2017 em relação à 2016 fez com que a FIA precisasse tomar cuidados e pedisse mudanças em certas pistas - a expectativa é que os carros sejam de 3s a 5s mais rápidos do que foram no Canadá no ano passado. O novo ângulo do Muro dos Campeões, localizado na saída da última chicane do traçado, serve para diminuir os possíveis impactos de uma pancada e é a alteração mais importante até agora.
 
As informações são da versão canadense do site 'Motorsport.com'. Além do famoso muro, outras mudanças serão realizadas na sede do GP canadense. Guard-rails e cerca de 5.000 pneus usados como barreiras de proteção ao redor do circuito serão substituídos pelas barreiras Tecpro, os soft-walls, que servem para otimizar a absorção do impacto.
Schumacher foi uma das 'vítimas' do Muro dos Campeões em 1999 (Foto: Reprodução)
Uma barreira SAFER, que é um soft-wall de duas fases, será instalado na curva cinco. Por fim, a FIA quer mais áreas de escape com asfalto e menos espaço tomado por brita. O GP do Canadá não é o primeiro a sofrer mudanças esse ano - o traçado de rua do Albert Park, na Austrália, também foi modificado.
 
O GP do Canadá acontece no fim de semana dos dias 9-11 de junho, então os avisos foram feitos e a expetativa é de que as mudanças sejam terminadas até meados do mês de maio. 
 
PADDOCK GP #74 DEBATE: QUAIS OS PILOTOS COM POTENCIAL DE FUTURO CAMPEÃO MUNDIAL DE F1?



Últimas Notícias
quinta-feira, 21 de setembro de 2017
Nascar
F1
MotoGP
F-E
F1
F1
MotoGP
Indy
MotoGP
F1
F1
F1
F1
MotoGP
quarta-feira, 20 de setembro de 2017
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook