F1
17/07/2017 08:33

Ferrari propõe renovação de contrato a Vettel e oferece acordo de mais de R$ 400 milhões por três anos, diz revista

Segundo a revista francesa ‘Auto Hebdo’, a Ferrari planeja manter Sebastian Vettel pelo menos até 2020. Para evitar um eventual assédio da rival Mercedes, a escuderia de Maranello ofereceu um acordo de maior duração. Tanto Vettel como Kimi Räikkönen encerram seus atuais vínculos no fim da temporada
Warm Up
Redação GP, de Sumaré

A proximidade das férias da F1 também traz à tona uma série de notícias e rumores no paddock a respeito do futuro dos pilotos e equipes do grid. A chamada ‘silly season’ — temporada dos boatos — segue intensa, ainda mais porque há grandes nomes com contratos se encerrando ao fim do ano. Entre eles, Sebastian Vettel, Fernando Alonso, Kimi Räikkönen, Valtteri Bottas, Sergio Pérez e Felipe Massa. A Ferrari quer encerrar logo os rumores e propôs uma renovação de contrato a Vettel, com um acordo de € 120 milhões (pouco mais de R$ 430 mi) por um período de três anos. É o que diz a revista francesa ‘Auto Hebdo’. 
 
O interesse da Ferrari, além de manter o tetracampeão, um dos responsáveis pela evolução obtida pela equipe nos últimos anos, é afastá-lo da rival Mercedes. Há pouco mais de duas semanas, Vettel promoveu uma festa em razão do seu aniversário de 30 anos e convidou Toto Wolff, chefe da Mercedes. O convite gerou uma série de comentários, um deles vindo de Christian Horner, comandante da Red Bull.
A Ferrari parece disposta a abrir o cofre para segurar Sebastian Vettel (Foto: Ferrari)
“Acho que Wolff está sussurrando: ‘renova por um ano’. Então, provavelmente a Ferrari está dizendo: ‘São três anos ou nada”, disse, em declaração publicada pela agência de notícias ‘GMM’. Bottas deve ter seu contrato renovado, como sinalizou Wolff no último domingo. O vínculo de Hamilton com a Mercedes vai até o fim da próxima temporada da F1.
 

Segundo a revista, Vettel indicou que deseja a permanência de Räikkönen como seu companheiro de equipe em 2018. A Ferrari, para atender aos anseios do alemão, ofereceu um novo acordo no valor de € 5 milhões (R$ 18 milhões) ao ‘Homem de Gelo’, que ainda não respondeu.
 
Na visão de Horner, é Vettel e não Fernando Alonso a chave da definição da dança de cadeiras da F1 para 2018. O britânico, porém, procurou afastar qualquer rumor sobre a sua equipe e garantiu: “O que está claro é que não vai haver nenhuma mudança na Red Bull”, comentou, assegurando a permanência de Daniel Ricciardo e Max Verstappen, os dois cada vez mais prestigiados no grid do Mundial de F1.
MORBIDELLI VÊ ROSSI COMO INSPIRAÇÃO E DIZ QUE CONSELHO O TORNOU MAIS AGRESSIVO NAS CORRIDAS


Últimas Notícias
terça-feira, 19 de setembro de 2017
Kart
F-E
F-E
MotoGP
F-E
F1
F1
F1
MotoGP
F1
MotoGP
F1
F1
Warm Up
F1
Galerias de Imagens
Facebook