F1
23/12/2014 18:24

Haas adquire antiga fábrica da Marussia na Inglaterra e garante sede europeia para estreia na F1 em 2016

Gene Haas adquiriu a fábrica que pertencia à Marussia em Banbury, na Inglaterra. Agora, o time norte-americano garante uma sede em seu país e uma na Europa. A Haas estreia na F1 na temporada 2016
Warm Up
Redação GP, de São Paulo
O desejo manifestado se tornou realidade e a fábrica que pertencia à Marussia foi adquirida por Gene Haas. O americano comprou a estrutura em Banbury, na Inglaterra, e, assim, a Haas tem uma sede também na Europa. Além da que pertencia ao time anglo-russo, a Haas possui uma fábrica também na Carolina do Norte.
 
Além da sede, também existe a informação de que Haas adquiriu os dados e os projetos da Marussia para 2015.
 
A escuderia americana vai entrar na F1 apenas na temporada 2016, usando motores fornecidos pela Ferrari.
Gene Haas comprou a antiga sede da Marussia em Banbury (Foto: Getty Images)
No início de novembro, a Marussia entregava os pontos numa temporada que chegou a parecer positiva, mas que teve um fim de forma melancólica. Os cerca de 200 funcionários haviam sido dispensados e apontavam já o fim da linha para o time que já não esteve no GP dos EUA e do Brasil. Como a Caterham, a equipe passou às mãos de administradores legais para tentar encontrar investidores para sair do buraco. Mas não foi possível encontrar um comprador e, assim, a equipe se despede do Mundial
 
O leilão da Marussia ainda não acabou. Algumas peças ainda não foram vendidas e serão negociadas apenas em janeiro do ano que vem.
EM ANO DE MÁRQUEZ, MOTOGP FOGE DA MONOTONIA COM RENASCIMENTO DE ROSSI

Depois de surpreender o mundo do esporte com uma estreia espetacular, Marc Márquez voltou mais forte em 2014 e estendeu seu domínio na MotoGP. Mesmo com renascimento de Valentino Rossi e recuperação de Jorge Lorenzo, o piloto da Honda venceu as dez primeiras provas do ano — 13 no total —, mas não tornou o Mundial monótono.

Leia a RETROSPECTIVA MOTOGP 2014 no GRANDE PRÊMIO.
EM ANO DE DOMÍNIO DA PENSKE, POWER ENFIM GARANTE TÍTULO DA INDY 

A temporada 2014 da Indy teve emoção até o fim. Em ano dominado pela Penske, Simon Pagenaud foi o único a se meter na disputa entre os companheiros de equipe e brigou pelo caneco até a prova final em Fontana. Will Power foi o grande campeão, deixando Helio Castroneves com o vice pela quarta vez na carreira.
 


Últimas Notícias
sábado, 18 de novembro de 2017
Endurance
Brasileiro de Turismo
F3
Motociclismo
F1
Stock Car
MotoGP
Rali
Motociclismo
World Series
Stock Car
MotoGP
Superbike
F3
Turismo
Galerias de Imagens
Facebook