F1
23/12/2014 18:24

Haas adquire antiga fábrica da Marussia na Inglaterra e garante sede europeia para estreia na F1 em 2016

Gene Haas adquiriu a fábrica que pertencia à Marussia em Banbury, na Inglaterra. Agora, o time norte-americano garante uma sede em seu país e uma na Europa. A Haas estreia na F1 na temporada 2016
Warm Up
Redação GP, de São Paulo
O desejo manifestado se tornou realidade e a fábrica que pertencia à Marussia foi adquirida por Gene Haas. O americano comprou a estrutura em Banbury, na Inglaterra, e, assim, a Haas tem uma sede também na Europa. Além da que pertencia ao time anglo-russo, a Haas possui uma fábrica também na Carolina do Norte.
 
Além da sede, também existe a informação de que Haas adquiriu os dados e os projetos da Marussia para 2015.
 
A escuderia americana vai entrar na F1 apenas na temporada 2016, usando motores fornecidos pela Ferrari.
Gene Haas comprou a antiga sede da Marussia em Banbury (Foto: Getty Images)
No início de novembro, a Marussia entregava os pontos numa temporada que chegou a parecer positiva, mas que teve um fim de forma melancólica. Os cerca de 200 funcionários haviam sido dispensados e apontavam já o fim da linha para o time que já não esteve no GP dos EUA e do Brasil. Como a Caterham, a equipe passou às mãos de administradores legais para tentar encontrar investidores para sair do buraco. Mas não foi possível encontrar um comprador e, assim, a equipe se despede do Mundial
 
O leilão da Marussia ainda não acabou. Algumas peças ainda não foram vendidas e serão negociadas apenas em janeiro do ano que vem.
EM ANO DE MÁRQUEZ, MOTOGP FOGE DA MONOTONIA COM RENASCIMENTO DE ROSSI

Depois de surpreender o mundo do esporte com uma estreia espetacular, Marc Márquez voltou mais forte em 2014 e estendeu seu domínio na MotoGP. Mesmo com renascimento de Valentino Rossi e recuperação de Jorge Lorenzo, o piloto da Honda venceu as dez primeiras provas do ano — 13 no total —, mas não tornou o Mundial monótono.

Leia a RETROSPECTIVA MOTOGP 2014 no GRANDE PRÊMIO.
EM ANO DE DOMÍNIO DA PENSKE, POWER ENFIM GARANTE TÍTULO DA INDY 

A temporada 2014 da Indy teve emoção até o fim. Em ano dominado pela Penske, Simon Pagenaud foi o único a se meter na disputa entre os companheiros de equipe e brigou pelo caneco até a prova final em Fontana. Will Power foi o grande campeão, deixando Helio Castroneves com o vice pela quarta vez na carreira.
 

Últimas Notícias
sexta-feira, 26 de maio de 2017
Indy
Nascar
Indy
MotoGP
F1
Indy
MotoGP
Indy
F2
F1
MotoGP
Superbike
MotoGP
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook