F1
06/04/2017 09:32

Hamilton conta que sequer dormiu após derrota na Austrália e diz: “Estou morrendo por duelo roda a roda com Vettel”

Lewis Hamilton se disse ansioso por uma batalha roda a roda com Sebastian Vettel e conta que sequer conseguiu dormir depois da derrota sofrida na Austrália. ‘Louco’ pela revanche, o inglês afirmou os fãs também desejando há tempos acompanhar uma luta entre os dois maiores campeões do grid atual
Warm Up
Redação GP, de Curitiba
 

Lewis Hamilton revelou que está "morrendo" para viver uma disputa roda a roda com Sebastian Vettel em 2017. E admitiu que sequer conseguiu dormir na noite posterior à derrota sofrida para o alemão e a Ferrari no GP da Austrália, na prova abriu a temporada da F1 há pouco menos de duas semanas. 
 
Ainda que tenha conquistado a pole-position e liderado a primeira parte da corrida, Hamilton foi sempre seguido por Vettel e, ao parar antes do ferrarista, acabou preso atrás de Max Verstappen, o que permitiu ao tetracampeão pular na frente e faturar a corrida em Melbourne. Assim, os dois chegam a Xangai com sete pontos de diferença.
 
Falando aos jornalistas nesta quinta-feira (6), na China, onde a F1 disputa a segunda etapa da temporada, Hamilton reiterou a ansiedade por um embate mais acirrado com o alemão, com quem nunca teve a chance de brigar pelo título de forma direta. "Minha forma de corrida favorita é o kart, ainda é a melhor forma de disputa roda a roda, do início ao fim, e foi assim que cresci e é assim que vivo na F1, esperando pelo dia de ter esse tipo de disputa. Nós tivemos uma batalha incrível em 2014, Nico e eu, no Bahrein. Então, estou morrendo por algo assim novamente", reconheceu o tricampeão.
Hamilton quer 'bater roda' com Vettel (Foto: AFP)

"Espero que isso aconteça com Sebastian e eu, porque ele é um tetracampeão e um dos melhores de nossa geração. Acho que até os fãs estão esperando por algo assim. E só espero que não seja uma temporada de estratégias, quero fazer mais coisas, é para isso que vivo, é o que me impulsiona", completou Lewis.
 
Hamilton ainda deixou claro que o resultado no Albert Park lhe deu toda a energia que precisava para tentar a revanche na China, neste fim de semana. "O que aconteceu na Austrália não muda em nada a minha motivação, é apenas normal. Queríamos vencer, queríamos estar na frente, e isso faz com que você se concentre nos pontos fracos e tente melhorá-los."
 
"Eu me senti bem depois da corrida. Você pode pensar que foi doloroso perder e tudo mais, mas, na verdade, você tenta transformar isso em outra coisa. Você tornar esse sentimento uma energia positiva, continua treinando e se concentrando. Eu não consegui dormir à noite depois e tudo que conseguia pensar era na próxima corrida", emendou.

O GP da China, o segundo do campeonato, acontece neste fim de semana, e o GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades em Xangai AO VIVO e em TEMPO REAL.
 

PADDOCK GP #72 TRAZ ÁTILA ABREU E DISCUTE ETAPAS DA STOCK CAR, F1, INDY E MOTOGP



Últimas Notícias
domingo, 10 de dezembro de 2017
Stock Car
Stock Car
Stock Car
Brasileiro de Turismo
Brasileiro de Marcas
Brasileiro de Turismo
Stock Car
Stock Car
Stock Car
Stock Car
Stock Car
Stock Car
F1
F1
Stock Car
Galerias de Imagens
Facebook